quarta-feira, 16 de dezembro de 2020

Cheguei nos 1.000,00 (MIL)

Pois bem que o ano está a terminar. E que financeiramente teve os seus registos, alguns momentos baixos, mas a olhar para trás o balanço foi positivo.

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Desabafo (pequeno)

As pessoas acham que eu tenho de estar "lá" para aturar todos os seus desaforos. Cansei-me. Posso?

segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

Transferência de +100

Tal como já tinha abordado numa publicação anterior, com as moedas de 2€ juntas e mais 30€ de sobra do mês de Novembro, iria conseguir transferir mais 100€ para a poupança.

sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

Fica sempre tudo bem

Ficou tudo bem.

Sempre fica, chega aquela hora em que a dor fica quietinha. Sabem, como quando nos habituamos a viver com algo que dói e só estranhamos se já não doer? É isso.

terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Dezembro, ou Abril?

Entramos em Dezembro, com o gosto de 2 feriados, semanas mais pequenas, um Natal a viver e uma virada de ano para sorrir e apagar a angústia de um ano sofrido, mas que vencemos.

sábado, 28 de novembro de 2020

Tem sido um ano incrível...

Hoje venho escrever nem sei bem sobre o quê... Talvez o título surja lá pelo meio do texto, mas quero escrever só porque sim.

Tem sido um ano incrível, e não é no sentido bonito da palavra, mas isso não é novidade para ninguém... Todos estamos a ser confrontados com adversidades, com mudanças, com problemas reais, mas pelos outros eu não posso falar, por mim posso, pelo que sinto.

Tem sido um ano incrível, incrivelmente mau. Tenho experimentado sentimentos amargos, trago a garganta sempre como se tivesse um nó e os olhos de um minuto para o outro carregam de lágrimas e eu fico sem saber como agir. É difícil. Está difícil. E este ano não ajuda.

Tem sido um ano incrível, de terrorifico que se tem tornado. Gostava de pegar uma borracha e apagar tudo o que se viveu, principalmente de março para cá. Tenho-me sentido a aprender com todas as quedas é verdade, mas se me colocassem a hipótese de poder apagar este ano da memória eu apagava. Por tudo, catástrofes mundiais, vida familiar, profissional e pessoal. Apagava tudo.

Tem sido um ano incrível, de sentimentos ruins. Quando tudo vai bem algo estraga, quando há um sorriso vem uma dúvida, quando me levanto escorrego. 

Sinto-me muito cansada, se pudesse passava o dia todo a dormir, mas nem o meu cérebro aguentava tanto, mas era o que precisava. 

Quando estamos com algum problema, tendemos a viver o acontecimento repetidamente na nossa mente, isso não ajuda, torna-o maior. E eu sei que o tempo é sempre o maior aliado, o tempo e a falta de expectativa, mas até que a dor passe, dói.

A decepção dói, principalmente a que construímos em cima de pessoas. Que são nossas. Ou que queremos que sejam. Ou que já sentimos que são, mas se vão. 

quinta-feira, 26 de novembro de 2020

Novembro 3

 Ai Novembro, Novembro... 

2,40€ café

2,00€ mealheiro de moedas de 2

100,00€ dentista

100,00€ poupança

35,70€ avanço nas prendas de natal

1,68€ supermercado

Total gasto 240,10€

quarta-feira, 18 de novembro de 2020

FEITO!

Bom, cá estamos nós com a poupança de Novembro, +100€, ok... vamos lá falar de coisas sérias... Para quem queria acabar o ano com 2.500€ poupados, as contas andam muito longe disso, e sim.. andam mesmo, mas não tem sido fácil por estes lados. E agora com as despesas no dentista pior, este mês já gastei logo na primeira semana 100€ e hoje tenho nova consulta, e novos 100€ a sair do bolso... é assim camaradas 😔

Pus 100€ na poupança e a arriscar mesmo, porque quero adiantar já algumas prendas para o natal em novembro, porque em dezembro tenho o seguro do carro. Para a minha mãe ela pediu coisas para casa!! casa... ai enfim, quer uma panela, quer uma fritadeira elétrica  (a antiga já nem a usa) entre outras coisas... acho que vou optar pela fritadeira, porque é mais caro e como não tenho ainda grandes contas a meu cargo acho que posso optar pela oferta de maior valor e um dos meus irmão (a quererem) oferecer-lhe o resto das coisas que ela pede... Para a minha cunhada vou oferecer uma massagem relaxante de corpo inteiro (25€), para a minha irmã já tenho 😊, para as princesas pequeninas e para os homens é que é pior... SOCORRO, se houver por aqui homens a ler-me, DIGAM-ME, o que vos oferecer?

Por aí? Já fizeram a poupança de Novembro? (eu gostava de juntar ainda mais a estes 100, veremos).

Poupança: (carreguem na imagem, que ela fica maiorzinha)

segunda-feira, 16 de novembro de 2020

Novembro 2

 16 de Novembro, metade do mês vivido...

22,52€ fnac (2 livros para mim) - valor de livro, envio sem portes - o que acho benéfico, como o poder e a facilidade de compra estão reduzidos, acho bem as empresas com venda online permitirem envios e compras sem custos adicionais.

2,00€ moeda de coleção;

4,00€ mealheiro de 2€ 

1,20€ café almoço

4,00€ raspadinha, joguei na sexta 13, vá que fosse ter sorte 🍀, saiu-me 1€, SINCERAMENTE!, mas não perdi tudo 😅

GASTO DA SEMANA 33,72€

A semana passada enganei-me, e disse-vos que tinha gasto 154,60€ mas se fizermos as contas correctas do que descrevi são sim 181,10€, esqueci-me de somar o artesanato. Assim sendo já estão gastos 214,82€.

Cartão refeição:

Gás: 27,00€

supermercado: 19,99€

segunda-feira, 9 de novembro de 2020

Novembro

Já vamos no 9º dia do mês, o penúltimo de um ano que eu só gostava que me apagassem da memória, mas enfim, cá estamos, é seguir a vida.

Já tive gastos:

100,00€ dentista

50,00€ combustível (depósito cheinho)

26,50€ artesanato amiga

0,60€ café depois de almoço

2,00€ moeda de colecção

2,00€ raspadinhas (jogo às segundas com a minha irmã)

-- 154,60€ à vida --

Vou ter novamente dentista dia 18, mais 100,00€, então este mês, entre dentista e prendas de natal a pensar, pouco devo poupar 😓 que agonia...

Na próxima segunda volto a actualizar as contas 😜

sexta-feira, 30 de outubro de 2020

Final de mês - Outubro

No dia 14 fiz uma actualização de como iam os meus gastos, hoje, final de mês vamos lá ao rescaldo final do mês de Outubro:

70,00€ combustível (tenho depósito a transitar para Novembro);

50,00€ dentista

147,21€ IUC

31,50€ inspecção auto.

30,00€ mãe

16,00€ mealheiro de 2€

4,00€ moedas de 2€ de coleção (estas não troco, guardo - são aquelas edições especiais)

4,50€ roupa interior

1,50€ brincos

6,00€ café após almoço

Ainda me sobrou algum dinheiro, mas por exemplo amanhã tenho depilação (75€, laiser), e na próxima quarta tenho dentista outra vez, que tenho aqui umas caries para resolver, nada de muito preocupante, mas claro que levam dinheiro, e como ainda não sei se terei o ordenado de outubro já disponível para uso na conta, não vou assumir que me sobrou dinheiro, quero ver estas despesas primeiro pagas. 

Mas se sobrar eu depois actualizo.

Agora se fizerem as contas, vão pensar que tenho um ordenado de 900€ líquidos, não tenho... nem perto, mas este mês recebi de trabalho extra, praticamente 200€, então o "bolo" subiu um pouco. E deu mesmo jeito, devido às despesas do carro.

Por aí, Outubro correu bem?

Para mim foi um mês positivo 😊

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Outubro e as finanças

Outubro vai a meio e como anda a carteira?

Gastos:

26,18€ em cremes faciais (comprei na Skin.pt, produtos de farmácia mais baratos)

10,00€ em farmácia (ben-u-ron e maxilase 😔😒)

8,00€ em vernizes

31,38€ numa loja online

1,20€ café após almoço

2,00€ no mealheiro de moedas de 2€

2,50€ em meias de vidro

200,00€ poupança (que fica agora com 700,00€ ✌✌)


Cartão refeição:

26,60€ botija de gás

104,59€ em alimentação


O mês vai a meio, os maiores "gastos" foram no cartão refeição e é com encargos de "casa", espero ainda conseguir aumentar a poupança até ao final do mês, mas tenho dentista e outras despesas não quis estar a transferir muito a principio para depois ao longo do mês me ver aflita.

Por aí, o mês corre bem?

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Desafio Gratidão - "Uma História" Dia 14

 Tópico 8 - Uma história

A minha.

Nasci numa família numerosa,

Ia trabalhar com a minha mãe (melhor, ficava quieta enquanto ela trabalhava);

Ela tinha um colega que se chamava Diamantino

(sempre achei enigmático o nome, ao mesmo tempo que não gostava tinha algo bonito... o som de "diamante")

Quando ia beber água falava sempre para mim, e quando chegava ao pé da minha mãe contava-lhe as conversas que tinhamos:

ele - Então ******, estás a brincar de quê?

eu - com o outro

Sim, tinha um amigo imaginário, só sei que era masculino, e eu chamava-lhe "outro".

Não devemos todos ter um amigo imaginário para suportar esta loucura toda lá fora?

Quando cresci queria porque queria ser GNR

(hoje a minha profissão não tem nada, NADA, em comum)

Cheguei a preparar-me para os testes físicos no meu 12º ano.

os psicotécnicos nunca me assustaram, porque tenho a mente suficientemente forte para suportar com o que me disponho verdadeiramente.

Não me candidatei, porque me faltavam 3 cm para o mínimo de altura requerida...

Segui então o ensino superior.

Um sonho pelo caminho, outros por conquistar.

E isto para dizer o quê?

Quando fiz os meus 17 anos, e estava no 12º ano, na altura de escolher esse futuro, uma tia minha disse-me, ao longo da conversa que estávamos a ter, eu a minha mãe e duas tias (ela e outra)

"Olha sabes:

nem todos os que tentam conseguem

mas todos os que conseguem tentaram".

Super aquelas frases "cliché", "ahm é sério? pois isso está claro"

mas imaginam o poder desta frase numa adolescente?

se calhar hoje em dia não faria diferença em grande parte da juventude, mas em mim fez.

A tia que me disse isto, é a do casal de tios que falei umas publicações atras, os que estimo muito e gostava de ter uma história semelhante à deles.

Sem dúvida uma referência para mim,

e esta conversa e esta frase ficou em mim como um dos melhores momentos do meu passado.

Histórias temos todos, é preciso é cuidado com as que recordamos 😊

quarta-feira, 7 de outubro de 2020

Desafio Gratidão - "Uma tradição" Dia 13

 Tópico 7 - Uma tradição.


O natal.

E olhem lá, que se nos descuidamos muitos já é natal 😋.

É  a melhor época do ano.

As luzes,

O cheiro,

A magia no ar,

O carinho,

A presença,

O mistério.

Para mim, é tradição, o presépio, o musgo molhado, as pecinhas já "moçilicadas" - vulgo meio estragadas e algumas sem cabeça, as luzes e as bolas penduradas, o pinheirinho verdadeiro. O arroz doce e o cheiro da canela...

Tradições de gente

com gente

de lugares marcados e sentados.

Que seja natal, o ano todo, a vida toda.

terça-feira, 6 de outubro de 2020

Desafio Gratidão - "Uma tecnologia" Dia 12

 Tópico 6 - Uma tecnologia


A internet.

Já imaginaram os tempos sem internet? pesquisa, conteúdo, troca de conhecimento?

Para mim é estranho. Mas ele já foi assim.


A minha tem 57 anos, nasceu e cresceu sem nada dentro do avanço da tecnologia em si, à 1 ano ou mais mês, menos mês, fiz-lhe um facebook, primeiro não percebia nada, obvio e normal, hoje usa para passar o tempo e se distrair. É engraçado ouvir as histórias dela, de como as "coisas" estão diferentes, de como pode usar o tempo hoje na internet e de como na sua juventude nem tinha tv.


Somos uns felizardos, muito mesmo. 

Eu todos os dias uso a internet, para trabalhar, lazer, estudo... para partilhar convosco, para receber as vossas partilhas...

Tem muito de bom, e de mau - como tudo, mas num geral é benéfica. Acho que é unanime. 

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Desafio Gratidão - "Um pequeno acontecimento" Dia 11

 Tópico 4 - Um pequeno acontecimento


Ser tia.

Ok, não é pequeno, mas não é algo "meu", então encaixo aqui.

É dos maiores prazeres que tenho na vida, de ver um pequenino ser que não me é "nada" a correr para mim "tiiiia", meus senhores, é tão bom.

Sou mesmo muito agradecida por ter irmão (primeiramente) e depois por já serem pais e mães :)

Já vos falei aqui muito de uma das minhas sobrinhas, hoje tem 7 anos, é das minhas melhores amigas, a melhor diz ela.

Passa o fim de semana em casa dos avós (meus pais), temos uma relação que nem consigo explicar se é mãe/filha, se irmãs, se mesmo tia e sobrinha no seu normal.

Eu como sobrinha nunca tive uma relação assim com uma tia minha.

Mas gosto muito do que temos.

E espero que ela continue a confiar em mim, para tudo (dizer e fazer).

terça-feira, 29 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - "Um parente especial" Dia 10

 Tópico 2 - Um parente especial

Os meu tios.

Não consigo escolher uma pessoa. Especiais são os meus pais, os meus irmãos, ou meus amigos, tanta e tanta gente que me rodeia.

Então vou escolher os meus tios, ela irmã da minha mãe, ele por ter casado com ela.

Já falei deles aqui no blog.

São uma inspiração para mim.

Andam juntos para todo o lado. Trabalham juntos em trabalhos florestais. Vão juntos até ao pão. Construíam juntos um império pessoal. Só adquirem ou constroem quando têm dinheiro para isso. Os dois pé no chão. Os dois directos e organizados.

Gosto muito deles.

Um dia a ter uma história de vida quero que seja muito semelhante à deles. Com propósito, e ainda que por meio de dificuldade dê para vencer no final.

Agradeço por ter nascido nesta família. Todos os dias.

segunda-feira, 28 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - "Um talento ou habilidade" Dia 9

 Tópico 1 - Um talento ou habilidade

Desporto

Não danço bem, canto ainda pior, desenho razoavelmente, pinto sem sair dos riscos, mas assim talento talento, não estava a encontrar nenhum.

Até claro, me lembrar do desporto. Sou baixinha, 1,57m, nos 49/50kg, e sempre, sempre desde que me lembro sou fã de fazer desporto. Consigo fazer muita coisa e levar o corpo à exaustão. Então considerei o desporto como a minha habilidade. 

Habilidade tem que ser algo que façamos naturalmente, e em mim o movimento do desporto é natural.

Agradeço ter nascido com tanta garra.

Vocês praticam desporto? o que fazem?

sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Resumo financeiro de Setembro

Uau.

Setembro no fim... Não chego a ter palavras já para o ano que tem sido 2020...

Setembro acaba e tenho de fazer um balanço do que foi financeiramente. Tive algumas chatices pelo meio do mês o que não me ajudou a juntar mais dinheiro à poupança, infelizmente. Por exemplo, o telemóvel caiu-me das mãos em cima do tapete do quarto (que ainda é fofo) com uma das extremidades e puuf xau ecrã, é que não deu mais nada, 95€ só para repor o ecrã. E enfim, alguns outros gastos... Assim sendo em Setembro só consegui ficar mesmo pelos 300€ poupados, se bem que 100€ são em moedas de 2€ que andei a juntar ao longo dos meses. Mas se bem se lembram, no inicio do mês disse que ao depositar os 100€ em moedas de 2€ já só ficava no mealheiro com 4€, pois bem, já lá tenho vinte e tal, portanto apesar de dizer que não poupei mais ao longo do mês, na verdade poupei sim. Pouco, mas está lá.

Outubro veremos como será. Estimo não ter tantos gastos e conseguir equilibrar mais as coisas favoravelmente para o lado das poupanças.

Eu sei, é dia 25 e já estou a fechar o mês, mas na verdade para mim está mesmo fechado. Tenho uns trocos na carteira mas nem os vou considerar, serão para o café da próxima semana.

Setembro por aí, correu tudo bem? conseguiram poupar?

Bom fim de semana :)

Desafio Gratidão - "Uma fase da vida" Dia 8

 Tópico 14.º - uma fase da vida


Infância.

Sou de uma família numerosa.

Recordo o barulho, as zangas, as camas partilhadas.

Os brinquedos espalhados e os estragos que fazíamos por maldade.

A melhor fase da minha vida, mas sem dúvida alguma.


Hoje não me vou alongar mais, são muitas saudades daquele tempo. Ficam sem dúvida muitas recordações boas e felizes.

Agradeço por todas as fases e etapas, mas principalmente pela quietude que tive na infância.

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - "Um desafio" Dia 7

Tópico 30 - Um desafio

Viver.

Já pararam para pensar? O quão fácil/difícil é viver?

É uma luta todos os dias,

Muitas vezes tão igual...

Levantar, vestir, trabalhar, fazer refeições, sentar ao final do dia e ver que é hora de dormir...

tudo tão igual.


Para mim é um desafio.

É este o verdadeiro desafio.

Viver e saber fazê-lo.

Ahm porque a vida de cada um é a de cada um...

ahm porque deves viver assim ou assado...

gente! a vida é o desafio de cada um, quem é que sabe o que é bom ou mau? Quem dera essa facilidade.


Em 2018 tive o pior dos anos da minha vida, não aconteceu nada ruim nesse ano, aconteceu 4 anos antes e parece que só "acordei" desse pesadelo 4 anos depois, mas foi real, aconteceu assim... e isto deve-se ao facto de ter de ter sido forte por outras pessoas alem de mim durante aqueles 4 anos, não vacilei para que outras pessoas se "curassem" da tristeza, e quando fui eu a parar e a precisar não tive apoio, era chamada de mal humorada, etc's, etc's... Tirei como lição de que precisava de descansar, de ser eu para mim, de nunca mais colocar os outros em primeiro, porque o reverso não existia. 

2020 tem sido outra dor de cabeça, espero que isto não se torne em ciclos de 2 em 2 anos ahaha, mas acho que é um geral do ano, tudo tem sido mau.

Na segunda parei um pouco e decidi recomeçar....

 21/09/2020

* terminei um projecto importante, com entrega final

* dei nova oportunidade às pessoas que me rodeiam (sem mágoas do passado) - porque eu também erro.

* eu em primeiro

* eu em primeiro

* eu em primeiro

Este é o desafio, sermos nós, em nós e nos outros. Só a verdade pode transformar.

quarta-feira, 23 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - "Uma amiga" Dia 6

 Tópico 3 - Um/a amigo/a


Uma amiga.

Chama-se Marisa.

Surgiu no ensino superior. Entrou no ano a seguir a mim. Tirámos formações diferentes.

Mas conhecemos-mos a tirar a carta juntas, lá.

Nunca mais fomos as mesmas.

A energia dela é tão boa, tão boa. Sabem aquelas pessoas que são lindas, mesmo lindas, que trazem uma sensação tão única? Ela é essa pessoa. 

De sorriso no rosto sempre.

Sempre com uma piada preparada, ou nem tanto, perante cada situação.

Também chora, mas é mais riso.

Fala alto, tem um tom de voz só dela. Daqueles mesmo característicos.

Tem uma vontade de fazer o bem, inigualável. 

É das melhores pessoas que tenho na vida.


Não falamos todos os dias, nem todas as semanas, mas sabemos sempre que cada uma de nós está bem. Quando não estamos, sentimos e lá nos encontramos em conversas perdidas num instagram ou messenger. A facilidade dos dias.

Agradeço por ter a oportunidade de ter pessoas destas na minha vida. E mais! Agradeço por haver no mundo, no mesmo espaço que o meu, pessoas com tanta energia boooa.

terça-feira, 22 de setembro de 2020

Caixa de comentários

Eu volta e meia perco-me aqui do blog, e peço desculpa por isso. E juro que vou passar a estar mais assídua, incluso hoje fiquei aqui a preparar algumas publicações futuras e a ler os vossos comentários...

Engraçado... estava a acabar de escrever uma publicação para o desafio da gratidão, com o tema "um desafio" e pelo meio falo que ninguém deve dizer o que é correcto ou não, ou como se vive correctamente ou não... (não vou adiantar mais, depois leem) quando fui ver se tinha comentários vossos para responder, e tinha...

Tinha este (na publicação de revisão às 20 coisas a fazer em 2020):

"Joana Sousa8 de setembro de 2020 às 04:04

Haviam? Não. Havia!
Acho que alguns dos objetivos da lista deveriam ser mais específicos, mais mensuráveis. Ler 5 livros parece bem. Ir a determinada cidade também. Mas como se mede o ser feliz ou o ser eu? Como se avalia? Fica a minha opinião. ��"


Desde já agradeço a correcção linguística, quanto ao resto? passo a responder... e Joana, não leve como insulto, mas quando li a sua resposta pensei mesmo, "sim, se não consegue avaliar, não quer dizer que eu não consiga". E passo a explicar:

Para mim ser feliz é fazer trilha na natureza;

É chegar a casa e beber sumo de laranja;

É jantar entre risos de quem amo num restaurante ao final da semana;

É ler na luz da primavera num banco de jardim qualquer;

Tanta coisa, tanta que lhe podia responder.


Então sim, eu consigo medir a minha felicidade pelas coisas que faço ou deixo de fazer. Sim é especificidade.


Mas obrigada pela opinião. Esta é a minha.

Desafio Gratidão - "Um livro" Dia 5

 Tópico 18 - Um livro 


Um Momento Inesquecível
Nicholas Sparks



Já falei deste livro  aqui no blog. Li-o aos meus 17 anos.

Pode parecer aquele cliché! Menina/mulher que gosta mesmo é de romances bobos.

(Dado que este escritor escreve maioritariamente histórias de amor.)

Mas não é.

Todos os livros dele têm um abalo enorme no meio, uma parte crua e cruel dos nossos dias.

Esta história é difícil de gerir, então para a idade que tinha.

Deu-me uma real precepção do que a vida podia ser.

Um dia tudo, na manhã seguinte nada.

Mantenho o livro intacto.

(como aliás tenho todos os meus livros)

Nunca mais o voltei a ler. Mas não o empresto a ninguém.


Sei que se o fosse ler hoje o impacto que teria na minha vida seria nenhum, porque com a idade que tenho hoje, a vida já foi mais dura, a experiencia já é diferente de quando se têm simples 17 anos... E é por isso mesmo que não o volto a ler. Quero manter a recordação do dia em que o iniciei e acabei.

Sou grata por conseguir comprar livros e ir aumentando a minha coleção. Por ter poder de escolha. Por saber ler e por poder sentir o papel a girar nos dedos.

quarta-feira, 16 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - "Um versículo" Dia 4

 Tópico 24 - Um versículo


De Murathan Mungan.


Agradeço por me ter cruzado com este poema à uns belos meses atrás. Porque tudo o que não entendemos "hoje" poderá fazer sentido, amanhã, no novo ano, ou mesmo por daqui a 5 anos. Só não vale ter pressa... e o quanto nós somos apressados...

Agradeço pelo tempo livre que tenho para ler;
Agradeço pela visão e pela capacidade de compreensão;
Agradeço pelo tempo que vivo e pelas experiências más que tenho;

sexta-feira, 11 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - "Uma refeição" Dia 3

 Tópico 28 - Uma refeição

(lembrando que não levo os tópicos por ordem, vou agradecendo conforme acho conveniente o que sinto no dia)


O pequeno-almoço.

É onde tudo começa,

por muitas rotinas diferentes que existam:

Tomar banho, ou ir logo tomar o pequeno almoço, ou ir às redes sociais, ou ler umas páginas de um livro, ou fazer o xixi da manhã, o pequeno almoço é sempre das primeiras coisas que fazemos no nosso dia.

E "meu Deus", já pensaram no quão bom é termos um novo dia,

Uma nova história,

Uma nova oportunidade,

Há sol lá fora sempre, ainda que os dias de chuva façam acreditar que não.

Então a escolher uma refeição escolho o pequeno-almoço, sem dúvida, é onde paro a inicio de dia, 

sento,

reflicto o que há por fazer,

é onde muitas das vezes tomo decisões de dia-a-dia.


É sempre variado:

* sumo de laranja, torrada, iogurte com bolacha maria

* Iogurte liquido, tosta mista, musse/pudin

* iogurte e sementes várias

* Já cheguei a comer muito Nestum/pápas/etc


Agradeço pela oportunidade de ter duas mãos que me façam ser autónoma na preparação da minha comida, em ter paladar para o degustar e na correia do dia-a-dia me permitir sentar e comer com calma nesta hora.

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - "um objecto que uso diariamente" Dia 2

 Tópico 5 - um objecto que uso diariamente

O telemóvel.

É usado todo o santo dia. Todo, todo, todo!

Pior, tenho 2! (pessoal e laboral)

E digo pior, porque detesto falar ao telemóvel 😛

Mas isto é um muro de gratidão, falemos então de coisas boas:


Sem dúvida um "aparelhito" que nos facilita em tanta coisa,

Aproxima quem está longe;

Traz a voz, a imagem e o movimento;

Ajuda a resolver problemas, dúvidas ou promessas no mesmo minuto.

Na partilha;

No conhecimento;

Obrigada a quem foi desenvolvendo a tecnologia e nos permite acesso a tudo o que temos hoje.

Sem dúvida uma geração sortuda.


Por aí, qual é o objecto de todos, todos os dias?

quarta-feira, 9 de setembro de 2020

Desafio Gratidão - " Alguém na minha vida" Dia 1

 Tópico 10.º - Alguém na minha vida.


O meu pai.

No dia que dei sinal à minha mãe que viria para o mundo dos nascidos, 

ele já estava no hospital onde se ouviriam os meus primeiros choros.

A lutar pela vida e bem que lutou, recomendações médicas até à ponta dos cabelos e foi lá que nos conhecemos, os dois a recomeçar.

O cheiro próprio de um pai,

o colo,

o bolso com rebuçados e pastilhas, propositados para as mãos dos filhos.

Uma mania imensa por ter o cabelo sempre penteado.

"Não me soltes pai, não me soltes", e quando dei a primeira curva já ele estava tão longe que não sabia como podia perguntar como se parava a bicicleta.

Um amor ao Sporting por uns olhos castanhos tão cor de mel e tão visíveis em mim, que consigo ser a única filha/o que lhe herdou este traço. Um mel leve, acastanhado claro, de nevoeiro quando algo corre mal.

Um abraço que só dele.

Resiliência.

Paciência.

Optimismo.

TRABALHO.

Nunca lhe poderei agradecer, o lar, a família, a disciplina, o riso, as reclamações, a exigência de padrões de não sermos iguais, a rigidez e a postura.

O cheiro de um pai, sim que um pai tem cheiro,

A pele das mãos, áspera e delicada, forte e presente.

É a pessoa da minha vida, pelas histórias de infância, as dificuldades e o choro que evitava quando as contava; Pela infância quebrada pela besta do trabalho duro; Pela vida adulta dedicada aos filhos, e por todos os caminhos por onde passava e nos relembrava; Pelos dias que se levantava de madrugada para regressar e já todos estarmos a dormir - mas alimentados; Pelas recordações nos aniversários que nos enchiam a alma - fosse o mínimo que fosse; É a pessoa da minha vida. Por nunca ter desistido face a nada, e eu sei que foram muitas as noites a chorar. Noites e dias. Tinha o melhor colo, porque nunca estava quieto, sempre a beliscar e a rir. Sempre a mimar da maneira que sabia. Tinha paciência para o jogo do "porquê" - do nada dizia alguma coisa "ontem esteve mesmo calor." e eu começava a sair-me com os "porquê?" logo percebia e alinhava, ele ia respondendo e eu só questionava "- porquê?", a conversa ia desde a cor do sol, aos sabores das águas do luso... É a pessoa da minha vida. Vai ser sempre.

Vaidoso.

Teimoso.

O som da voz.

A autoridade na educação sem ferir.

--

"Nota-se que ele gosta muito dos filhos"

E nós dele.


Um dia, voltamos a encontrar-nos.

Desafio - 30 dias de gratidão.

 



Ok! Vamos lá pegar em algo positivo e colocar os blogues a falar de coisas boas, este ano atípico anda a dar a volta ao juízo de cada um.
Vou escrever por 30 dias a gratidão que tenho ao mencionado na lista acima. Não vou cumprir a ordem, porque podia limitar-me na criatividade da escrita, então, conforme a inspiração assim vou dando continuidade. 

Se puderem façam o mesmo, para vocês mesmas/os; nos vossos blogues; aqui nos comentários... à vossa escolha, mas não vamos deixar esquecer o bom que temos 💜.

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

20 coisas para fazer em 2020. Lembram-se?

Logo no inicio de Janeiro, ao seu dia 07, escrevi 20 coisas que queria fazer este ano, passados 8 meses lembrei-me de ir ver o que já tinha ou não feito.

Transcrevo aqui a lista e o concretizado à data:

1 - Passar um fim de semana na cidade onde estudei (ahhh mas isso é simples. Não é não, nunca mais lá voltei desde que terminei o curso). Era para ter sido nas férias em agosto, infelizmente não se proporcionou. ainda! 

2 - Ler 5 livros. Já li 2... semi concretizado

3 - Conhecer Monsanto (a aldeia mais portuguesa de Portugal). Ainda não.

4 - Deixar que acontecimentos alheios interfiram no meu estado de ser. TENTO!!!

5 - Poupar 5.000,00€ (esta já conhecem). Só somando ao final do ano, com a compra do carro fica difícil fazer estas contas agora.

6 - Ser menos critica comigo. Escrevendo todas as semanas os feitos atingidos (para não ser tão fácil esquecer o que faço de bom e de bem). NADA. mas vou começar :)

7 - 20 encontros com amigos. (pelo menos). Acho que já bati os 20 :)

8 - Acompanhar um fenómeno celeste. Olho a noite muitas vezes, mas assim fenómeno ainda não vi nenhum...

9 - Reforçar o estudo. FEITO, formação em fevereiro.

10 - Escrever um poema. (Se possível for ao ar livre). FEITO.

11 - Fazer exames ao coração. (já que tenho arritmia). Não fiz, nem vou fazer.

12 - Gerar menos lixo e reciclar tralhas acumuladas. FEITO.

13 - Experimentar uma sensação nova. FEITO. MUUUUITO FEITO.

14 - Beber pelo menos 1 L de água diário. (Só Deus sabe o quão preguiçosa sou neste aspecto. Bem tento ir mudando, mas sou resistente à ideia. Faço muito desporto e ingiro pouca água. Erro!) NÃAAO... infelizmente. Coisa a melhorar.

15 - Ouvir música e sair para dançar, ou dançar só. SIM!

16 - Sorrir e ser feliz de verdade. +/-

17 - Ir à água no verão e tirar 3 dias de férias só para mim. Fui muito à água, mas dias só, só para mim não tive, mas tive momentos muito meus.

18 - Viajar. Conhecer. SIM! nunca é de mais, mas já tem sido melhor que anos transactos... :)

19 - Ser eu. (Com tudo o que isso acarreta para mim, sucessos, fracassos. Tenho aprendido muito sobre mim mesma. A idade ajuda.). +/-

20 - Ter registo de vida. O "diário" só tem coisas "más", tenho de inverter isto. :)


Por aí? haviam listas ao inicio do ano? fossem sobre que tema fossem? Concretizaram? 
Vejo aqui ainda vermelhos e azuis em quantidade para os 4 meses que restam, mas espero fazer proveito do tempo, o melhor que puder.

quarta-feira, 2 de setembro de 2020

Feito!

 



Começo o dia a transferir os 300,00€ que vos tinha falado ontem que transferiria para a poupança. É o inicio da jornada, e disse desde que liquidei a outra conta que nesta ia partilhar convosco a evolução e os verdadeiros números. Pelo menos até se tornar seguro para mim mostrar.

Não tenho nada especifico, é poupar para ser fundo de emergência, para ser uma nuvem de segurança no futuro.. não sei. É poupar. Porque essas são as referências que tenho, da família e de alguns grupos de amigos, poupar por poupar, porque no poupar está o ganho.

Mas sejamos sinceros, poupar anteriormente ajudou-me a concretizar o sonho de ter um carro melhor e foi logo pago, hoje não durmo com dores de cabeça a pensar se a prestação está por pagar ou não.

Para já, está feito, no final do mês passo cá a dizer-vos se consegui ou não juntar mais um pouquinho 😊😊👌 Que espero bem que sim.

Bom mês a todos. E boas poupanças.

terça-feira, 1 de setembro de 2020

Chega Setembro (...)

 Meu Deus!

Já estamos em Setembro! Setembro? Como assim...... Setembro, 01 de Setembro. Não sei onde meti 8 meses do ano, juro, e juro mesmo... Que ano alucinante, e com tão pouco palpável.  

Para mim Setembro vai ser um mês de recomeço. Já "re"-comecei a ver vídeos online (youtube), sobre poupança pessoal e investimentos, gestão familiar e de habitação, etc's... é que sim... andei meio desligada e vocês sabem.

Então para vos situar, a Nova Conta Poupança:

- Abri a conta com 200,00€ - que já sabiam;

- Tenho em casa 100,00€ em moedas de 2€ para ir depositar (na última vez que falei no pote das moedas tinha 82€, já tenho 104€, então vou depositar aos 100,00€, que é um valor certo);

- Vou receber um extra no ordenado de 110,16€ - POUPANÇA LOGO;

- Transferir 89,84€ do ordenado a receber agora em poupança.

Assim fico já com 200+100+110,16+89,84= 500,00€ livres em poupança já no inicio de Setembro (atenção, eu ainda tenho em casa, aqueles 500,00€ que sobraram da conta que fechei para comprar o carro, portanto a poupança podia estar nos 1000,00, mas para já não os vou depositar).

O objectivo seria chegar a Dezembro com 2.500,00€, e já se torna difícil, mas para já não me preocupo em demasia com isso, vou fazendo o meu melhor e ver no que resulta mês a mês.

ahm! é claro que a poupança do mês não serão apenas os 89,84€ que referi, espero conseguir juntar bem mais ao final do mês. Mas para transacção inicial do mês, é mesmo esse valor que defino. 

Por aí? financeiramente como andam?

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

26/08/2020

Levantei-me.

Estive 10 minutos a lavar o rosto. Porque deixei a mascara de argila verde a actuar a noite inteira.

No quarto, enquanto olhava o espelho, passei os meus 3 cremes.

Vesti-me.

Calça de ganga, camisa preta de cava, sapatos de brilho em tom bordeaux discreto.

Brincos com perola azul envolta numa meia estrela/meia flor a rodear, de uma prata brilhante.

Peguei em leite e chocolate e aqueci no microondas. Não bebo leite desde 2017.

Sentei-me na mesa da sala, abri um pão e passei geleia de abobora. Pegava na caneca enquanto degustava o pão. Não me repreendi, acho que a nega que dei ao leite por todos estes anos, morreu na hora em que percebi que talvez precisasse de algo quente. Bebi até ao fim.

Saí para o trabalho e o nó na garganta era só o principio da maior decisão da minha vida nos últimos meses.

Eram 09:05min.

A vida vai continuar. E eu passo por ela todos os dias. Todos.

Só ainda não sei como a viver.

O que fazer.

E para onde ir.

quarta-feira, 19 de agosto de 2020

Financeiramente

Boas,

Então... tal como disse na publicação de 17/agosto, fui de férias e deixei o blog paradissimo, sinceramente... porque não me apetecia escrever e deixar coisas programadas, e porque ainda nem sei se me apetece. Mas aqui estou:

FINANCEIRAMENTE:

Registei a poupança no dia 14/08, sim semanas e semanas depois do dia em que disse que o iria fazer, mas pronto, está constituída, com 200,00€, também menos do que aquilo que disse que registaria, mas foi o que se arranjou.

Ando um pouco desmotivada com este assunto.

Não tenho lido blogs, artigos e/ou noticias sobre economia, e sempre que começo a tentar ler algum texto sinto-me enjoada. Não sei explicar. Talvez me tenha cansado do assunto... Mas espero que não. Já me queixei aqui no blog sobre isso, e volto a frisar o mesmo.

As férias serviram para descansar um pouco mesmo deste assunto, talvez consiga voltar em grande. Profissionalmente também ando com muitas questões embrulhadas e em cima dos ombros, por minha inteira responsabilidade, então... talvez seja um motivo.

Para tudo, calma.

segunda-feira, 17 de agosto de 2020

ATENÇÃO: - há um passatempo para concorrer!

 Bom dia a todos, 😀

(estive de férias, daí a minha ausência - venho depois falar sobre isso)

Hoje trago aqui o passatempo de uma pessoa que já considero amiga, chama-se Cláudia e escreve o Blog de titulo Eu também tenho um blog, alguns de vocês já a seguem outros não, então aqui a questão é:

- Ela fará um passatempo com uma oferta a quem vencer, trata-se de um miminho, e quem não gosta?

- Para realizar o passatempo ela quer chegar aos 310 seguidores, está com 299, fácil não acham?

Então se me lêm e se gostam do mundo dos blogs e das partilhas boas e felizes que por aqui encontramos, por favor, sigam a Cláudia, não custa nada ... e convínhamos EU QUERO PARTICIPAR no passatempo, e até chegar aos 310 seguidores não posso 😝

Ela explica tudo aqui.

Posso contar contigo?

quinta-feira, 16 de julho de 2020

- Cíclico -




"Dias em que a gente se recolhe do mundo, cumpre as tarefas diárias e conta as horas para chegar em casa para afundar na cama e dormir."

quarta-feira, 15 de julho de 2020

Em resposta a ontem...

Então, tal como dito ontem, aqui estou para registar o ponto de situação das minhas finançazinhas

- 500€ que já sabem que sobraram da liquidação da conta poupança anterior;
- 36,47€ poupados em Junho (é... não consegui sequer os 200€ que tinha falado - tive de comprar equipamento, fiquei-me pela misera sobra destes pouco mais que trinta euros);
- 82,00€ no mealheiro de 2€;
- 27,40€ no mealheiro de 0,20€;

Penso registar a nova conta já sexta-feira - 17/07. Conta com rentabilidade de 0,10% ao ano! ... Tristeza... mexeram novamente nas tabelas de conta poupança... esta que vou subscrever agora, antes era de 0,15% ao ano, misera na mesma, mas enfim, foi alterada recentemente, é mesmo a gozar ainda com toda a situação financeira actual. Odeio instituições financeiras!

Para já vou deixar o mealheiro de 2€ chegar aos 100€ para depois depositar e transferir para a poupança. Visto que já só me faltam 18€.

O mealheiro de moedas de 0,20€ não é para nada especifico, comecei a fazer pela graça apenas... e por dizer à minha sobrinha que ia servir para lhe comprar as prendas de natal, que possivelmente seriam umas meias 😂, ela não achou muita graça. Acho que vou começar a destrocar no café onde bebo o cafezito e guardar na mesma esses valores.

Em Julho penso poupar já qualquer coisinha significativa... Tenho de por mão nisto. 

terça-feira, 14 de julho de 2020

Ponto de situação

Ainda não registei a nova conta poupança. Ando meio preguiçosa, mas ao mesmo tempo não é só isso... 
O balcão abre as 08:30min, eu tenho de estar no estabelecimento onde trabalho às 09:00min, com toda esta questão da covid, todos os dias, TODOS, há filas à entrada do banco. Gente junta, com máscaras é certo, mas juntas. Custa-me um bocado... 

Tenho de me levantar mais cedo também, e tenho andado meio reticente a esforços.

Tenho de ver como andam os mealheiros também, não sei quanto têm neste momento, embora saiba que muito não é. Talvez uns 100,00€ juntos entre todos.

Noto que o facto de não ter ainda registado a conta me faz gastar mais, é verdade... É estúpido, mas como não existe aquela conta física parece que não me exijo tanto, motivo pelo qual quero mesmo ver se despacho o registo da conta.

Amanhã passo cá a contar como estão as minhas contas, a ver se loguito já faço esse registo para partilhar convosco.

Por aí? Julho está a correr bem? Aqui só ainda gastei em combustível, moedas de 2€, e em café após almoço.

quinta-feira, 2 de julho de 2020

Análise Financeira de Junho (...ainda não)

Cá estamos, 2 de Julho, já se consegue olhar para Junho e ver o que se gastou e o que "sobrou", e para mim Junho foi mesmo assim, gastar e ver o que sobra.

Até à passada semana de 22 a 26 Junho ainda tinha praticamente o ordenado todo em conta, retirando 50€ para combustível, 49,84€ para a conta de electricidade, 7,50€ para o telemóvel, e só! 

Via Junho como um mês formidável, via 😓😂😂. A questão foi a semana passada e o inicio desta...

- Tive de comprar biquínis, sim srs, não comprava desde 2014 (vejam o quão poupada sou); comprei dois, um mesmo biquíni e outro fato de banho, nunca tinha tido nenhum, mas este acho lindo lindo e tive de comprar, só aqui estão 14.00 + 15.50 = 29,50€.

- A depilação 70€

- Aquisição de "material" para o part-time que tenho 81,54€

- Comprei "roupa":
  * interior 25,00€
  * 2 Vestidos 25,00 + 21,00€

- Fora alguns gastos que tive com lazer. Que sim, eu já saio, com todos os cuidados que devo de ter com a minha saúde e com a dos outros.

- E fora as moedas de 2€ que juntei este mês, não contabilizei, mas na segunda semana tinha junto 16€ já, e depois disso consegui ainda mais umas 5 ou 6 moedas.

RESULTADO:
Tenho 300,37€ na conta, ainda não posso fechar o mês e assumir este dinheiro como poupança, porque preciso de ir à farmácia, daí o (...ainda não) do titulo. Preciso de comprar ben-u-run, maxilase xarope e benpantene (já vos disse alguma vez que eu em mim curo tudo com maxilase? Não?! mas olhem... é verdade, dores de cabeça, dores de garganta... que afinal são as únicas dores de "doença" que costumo ter. Então tenho de ter sempre em casa - na verdade um por ano chega e sobra)
E preciso também de comprar protector solar da face e o creme de olhos.
Queria ver se passava também num outro sitio a comprar uma coisa que penso à já muito tempo (desde dez/2018), veremos.

No final se conseguir poupar 200€ já é óptimo. 
Amanhã conto.


P.S. custos com alimentação e higiene não estão incluídos nesta publicação, nem nestas contas, pago com o cartão refeição, esta publicação apenas trata a conta de dinheiro "físico".

quarta-feira, 1 de julho de 2020

Desafio financeiro de JULHO!

Os desafios iniciais e previstos para o ano de 2020 foram parando..., acho que o último que pus foi em Março, mas aqui vamos, vamos tentar seguir e fazer frente a esta inércia que nos assola os dias!.

Preparados? Este é fácil, fácil.

A esta altura do ano já conseguimos fazer uma breve análise de como o ano nos está a correr, há alguém que ande a cumprir os desafios? Está a correr bem dentro dos valores poupados? Espero que sim 😊😉

Para Julho, o desafio é simples e já é conhecido de quem acompanha blog/sites de finanças pessoais, por cada dia semanal vamos poupar uma moeda e por cada fim de semana uma nota (apenas uma pelos dois dias - sábado e domingo).

Julho tem 22 dias semanais e 5 fins de semana. Então nas piores das hipóteses, se eu decidir juntar 1 cêntimo por cada dia semanal e 5€ a cada fim de semana, chego a 31/07 com 25,22€, a juntar aos valores dos meses anteriores o bolo já começa a crescer 😊

O meu truque será, a cada final de semana ir à carteira e tirar 5 moedas aleatórias e uma nota, e pronto fica o desafio cumprido por essa semana, e repetir a cada uma que chegue ao final.

"Mas eu nunca ando com dinheiro físico, só uso cartão", legitimo e até seguro, mas trata-se de apenas um mês, então quando forem às compras ou pagar alguma conta, levantem e usem dinheiro físico de modo a ter troco, o mês passa rápido.

Fácil?

Bom Julho e bom desafio.

segunda-feira, 29 de junho de 2020

Mais uma só para mulheres...(com interesse subentendido dos homens)

Laser.

O ano passado eu e a minha irmã decidimos fazer depilação a laser. Foi no momento, estávamos a conversar e dissemos "olha, vamos fazer?", e pronto, não nos calámos mais com isso... Temos esteticista, trabalha connosco à anos, embora mais com ela que comigo, porque muita coisa faço/fazia sozinha.

Decidimos que a partir de Janeiro íamos todas as segundas-feiras tirar uma raspadinha de 1€ cada uma e juntar o dinheiro que ganhávamos para fazermos o laser. Ora que... estamos a 29 de Junho e quanto é que temos junto das vitórias nas raspadinhas?

Uns míseros 33€, aí SOCORRO 😂
Atenção, que estamos no lucro ainda. (deixamos de comprar quando tudo parou em Março e retomámos à 2 semanas, portanto serem apenas 33€ mas ainda ser no lucro até hoje, valha-nos isso).

Comecei a pesquisar logo na altura, e deve ter sido +/- por junho/julho também... Li sobre os diferentes tipos de laser, alexandrite, diodo...

A nossa esteticista trabalha com o Laser Diodo, maravilha, porque é o que garante mais resultados, e é o melhor classificado no mercado e pelas utilizadoras.

Como o nosso cache não anda nem desanda já desistimos da ideia de usar o dinheiro das raspadinhas para o efeito... é que chegávamos aos 70 anos sem a depilação feita 😅

No mês passado falei com a esteticista, tenho confiança com ela, é onde faço a meditação e o reiki, embora não com ela, mas o espaço é dela, e ela está mais ligada à estética mesmo.

Perguntou logo onde queria fazer, ora que lhe disse que seria no corpo todo, mas que talvez fosse melhor experimentar nas axilas primeiro, ora se eu não aguentasse, ou se o meu corpo até reagisse mal... falámos de horários e assim... e claro, só posso depois das 18:30h, ora que tinha vaga logo para aquele dia... ia dizer o quê? 😅, bom disse que sim, que podíamos fazer nas axilas a experimentar nesse dia e depois logo decidia depois da sessão (em detrimento da dor e dos resultados claro).

Paguei 20€ só pelas axilas naquele dia.
Resultado imediato depois do tratamento? Voltas ou não voltas?  😂😂

Olhem... a empregada dela explicou tudo, claro. O procedimento, as sensações, o resultado imediato e o a prazo, etc e etc.
- Se estiver muito quente dizes-me que eu reduzo, ok? (tudo isto antes de começar)
- Muito quente como? como é que posso saber se é o quente normal ou o muito quente?
- Vais sentir, se não aguentares mesmo a temperatura avisas-me.
- Eu não quero QUE ME QUEIMES, não quero manchas na pele!
- pois, por isso mesmo, para as evitar

Aí céus, já estava deitada, já não saí né ... 

A sensação não é a melhor dos mundos, mas aguenta-se, mas custou um pouquinho, já não sei de que lado, mas acho que do esquerdo... pelo menos não chorei.

Deixei marcado logo para o corpo todo, que é esta semana!!!!! NERVOS! Ao longo destas 4 semanas fui verificando (normal, é o meu corpo, eu sei), logo na primeira semana cresceram normais, irritei-me logo, a partir da segunda começaram a sair super natural, ia puxando e o pelo saia e eu?? "ai que fixe!", ela disse que até à próxima sessão devia evitar por tudo fazer a depilação, franzi a testa claro, quer dizer, verão, sol, e não poder fazer a depilação, ehm... mas como esteve frio, consegui evitar fazer as axilas e cá estamos, prontos para a próxima, praticamente não tenho na axila direita 😊💪💪 o que é bom, de bom, para uma primeira sessão, a esquerda... pronto, eu tenho um sinal, a moça pintou-o de branco (para o laser não o queimar) e passou na axila, mas abaixo do sinal não tenho quase nada tal e qual na direita, mas acima, quer dizer... parece quem nem passou o laser foi o que foi.

Como é que vai correr? não sei.
Aqui ela faz um pack de 70€ pelo corpo todo, e inclui o que quiseres, até sobrancelhas, perna completa, meia perna, e por aí fora, é mesmo como quisermos. Por aí como são os preços? Estou a se burlada? 😝😝 por aqui é a mais barata...

terça-feira, 23 de junho de 2020

O meu banco de jardim

Ainda sobre a ansiedade...

Ontem saí do trabalho e fui até um jardim que fica a 10km... tinha mais perto sim, e tinha até mais bonitos, mas era para aproveitar a viagem para limpar a cabeça e mesmo não sendo o jardim mais cuidado e mais bonito da região era o mais sossegado, não tinha ninguém, nunca tem, e daí também a falta de cuidado e de zelo, tinha ervas grandes e a ribeira mal cuidada... mas sabem? 

Sentei-me debaixo de uma árvore alta e com uma sombra incrível, fiquei ali 30 min. e foi tão bom, só a sombra, o som da árvore, da água, dos carros ao fundo. 🍀

Eu acho que sei sempre o que me falta, só não consigo assumir e acho sempre que consigo adiar para depois, para estar sempre a mil na vida dos outros. Preciso de mim e das minhas escolhas. Não é é fácil neste mundo que cobra tudo. 

Aquele é o meu banco de jardim... acho que já ouviu de tudo da minha parte, volta e meia vou lá, ou melhor dizendo... quando preciso muito! A última vez foi em 2018, andava numa péssima fase, ontem voltei a sentar-me ali, quieta, só a respirar, e foi.... bom!

Talvez comece a sentar-me ali mais vezes, sinto que aquele banco é meu.

sexta-feira, 19 de junho de 2020

-Ansiedade-

Ok, nunca trouxe este assunto aqui, e tenho acompanhado muito a Cláudia, do blog multifacetado (se não conhecem passem lá - vão gostar), Eu também tenho um blog, que nos descreve muitas vezes o que é e como tem travado a sua luta. Tento sempre estimular a que lute e consiga ultrapassar, mas sempre a aprender com ela, porque ler outras histórias também nos ajuda.

Eu sou uma pessoa de impulso, se ainda não perceberam, essa é a verdade... Para mim, posso estar muito bem num banco de jardim, lembro-me de "a" e pronto!, tem de ser para aquele dia, para aquela hora e como se a vida coubesse toda dentro daquele minuto de decisão.

Pois que não cabe, pois que depois dói.

Sou de impulso, ansiosa e nervosa. Um assunto é capaz de andar o dia TODO na cabeça, de tanto que me deixa exausta e às 20h:00 já ando ko e de rastos no dia-a-dia.

Juro, se pudesse pagar para não ser assim pagava. Juro mesmo... Mas aqui está o estigma de que o dinheiro não compra tudo... 

Entristece-me bastante, porque me faço sofrer, fico com dores de cabeça, chego a vomitar, perco o apetite... isso... Bem podem ver o espectáculo que se torna.

Tenho tentado a velha máxima do "pensa noutra coisa! pensa noutra coisa! pensa noutra coisa"... que quê? só piora... tenho tentado respirar, tenho tentado me manter ocupada TODAS as horas, todos os dias, mas só me sinto bem nas poucas horas em que durmo... e salvo seja, que passo o dia com sono e com vontade de dormir, alem de ter a cabeça sempre a pensar.

Eu juro, àquelas pessoas que conseguem parar no tempo, sentar-se na praia ou num bosque e respirar, desligar de tudo... Podem ensinar? é muito para uma pessoa, sinto que o meu cérebro nunca pára, e isso está a 'matar-me'. Afastei-me um pouco do blog, também por isso... porque tinha e tenho tanta coisa na cabeça que não sei por onde começar...

É claro que é só um desabafo, todos temos as nossas experiências e ninguém tem formulas mágicas, quem dera a cada um viver a sua vida... 

Vou tentar ultrapassar, se der certo venho por aqui contar, se não der... venho aqui na mesma, queixar-me mais um pouco.

Ok, vamos lá pegar nisto!

19/06, está mais que na hora...

Defini como já vos disse 2.500,00€ para juntar até ao final do ano. E vou começar com os 500€ que tenho livres.

Ok, podem surgir análises como:

- Mas quem conseguia juntar 300...400... e tais por mês de junho a dezembro consegue juntar mais que dois mil. (bem espero que sim😅)

- Quais os objectivos agora? agora penso em poupar primeiramente para reservar caso algum contratempo chegue, acidente, doença, desemprego...

- De quanto será essa reserva? e quais os valores futuros? A reserva serão esses mesmos 2.500,00€, acho mais que suficientes para me sentir capaz de enfrentar emergências.

Os valores futuros serão chegar aos 10.000,00€ em dois anos. É audacioso, vai implicar muito esforço da minha parte, boa gestão, capacidade de fazer boas escolhas e de não me dar ao luxo de ter meses "maus".

- Quais as datas que começas e os prazos de meta?
Começo no actual mês, junho 2020;
2.500,00€ em Dezembro
10.000,00€ em Junho/2022.

Já coloquei aqui, no separador ao lado direito a escala dos 2.500,00€ até dezembro, a quem interessar pode acompanhar a evolução por lá.


Sobre quem não me conhece e acha que 416,67€ a poupar por mês são fáceis de juntar em casa dos pais, informo que... Pago todos os meses entre 150 a 200€ em compras em contas da casa, não ganho salário de luxos, pago ordem profissional de 3 em 3 meses (e raios partam - que pouco não é), e tenho os meus hobbies - poucos e de poucos gastos - mas tenho. Só há uma coisa que me destinge de muita gente que eu conheço - É a vontade!

Bom fim de semana 😊

terça-feira, 16 de junho de 2020

Finanças

Anda tudo um pouco calado sobre o assunto... Acompanho vários blogs nacionais e internacionais sobre poupança, investimentos, etc's, (alguns mencionados aqui na direita), e a ideia com que ando é que pouco ou nada se tem escrito.

Sinceramente acho que se deve muito ao momento que se vive agora, se forem todos como eu a vontade de falar sobre que assunto for é nenhuma... Parece que anda tudo saturado.

É por isso que quando me cruzo com noticias que falam sobre a preocupação médica na área da psicologia e afins, que nos dizem que a saúde mental após estabilização da pandemia preocupa, eu acredito... É que isto está longe de terminar e as pessoas andam apáticas, sem reacções e sem motivações (o que ainda é pior).

Eu falo por mim, ando estourada (como se diz por aqui). Muito me queixo é verdade, eu sei, e logo eu que continuei a sair todos os dias e pelo menos vejo as paredes do escritório e as paredes da sala de casa... Há quem só veja as da sala 😌. Mas não deixa de ser 'stressante'. 

Os blogs de finanças, retomando o tema depois de me chorar, pararam, as pessoas não escrevem, não se estimulam, não se desafiam, não batem metas (e se batem não dizem)... aí que tristeza. Eu pessoalmente quero ver se em Julho pego nessa questão aqui no blog, até porque quero que comecem a acompanhar o registo da nova conta poupança.

Já ando a poupar é claro, e como não? Uma pessoa não gasta em nada nem sai para lado nenhum... e se saí fica na rua no meio do frio, porque fecha tudo às 23h (e ainda bem, atenção - não me queixo das medidas adoptadas).

Financeiramente não vai ser fácil... Este tombo vai ser maior que o do inicio da década de 2010. A segunda vaga de Covid está a chegar, e não, para mim não será em Outubro como indicavam e muito menos tenho em hipóteses "não haverá 2ª vaga", conforme já ouvi a ministra da saúde dizer... Em Oleiros um concelho pequeno e vizinho temos 5 casos em 2 dias. De uma senhorita, no alto dos seus 80 anos, que viajou de Lisboa ao concelho e fez a sua vidinha nos entretantos e sem preocupação nenhuma. Soubemos do caso dela no domingo, ontem já eram 5 confirmados, hoje ainda espero os danos nacionais... É preciso muita falta de consciência... somos um meio envelhecido, sem infraestruturas, há esta necessidade? alguém que me lê conhece o Hospital Amato Lusitano em Castelo Branco?! (que é a nossa unidade de saúde) Não tem nem 10 camas disponíveis para a covid... Não tem, não temos, não é possível suportar. Os jornais nacionais, sic, tvi, recomendam a vinda para o interior "tem ar puro, vive-se saúde", fico com uma vontade de chamar nomes à televisão... é preciso ser-se consciente do que se diz e do que podem vir a fazer ao interior no verão...

Que saiba estar segura, que pendente dos outros - morro.

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Socorro ...

Quatro dias paradita em casa, sim que trabalhámos na quarta, 10/jun, para folgar a sexta... E agora?! Quem é que pensa em trabalhar????

SOCORRO!


Frases, inspiração, frases positivas, motivações, Anotografia (com ...

Já alguém reparou que é dia 15 de Junho? Estamos a meio do ano 😯. Tem passado tudo tão rápido. Mas, sinceramente... ainda bem, é que um ano destes, com tudo o que envolve os nossos dia-a-dias de "hoje", a passar lentamente era o martírio a 100%, assim está só nos 88% vá.

Boa semana a todos 😊

quinta-feira, 4 de junho de 2020

Poupança (depois do carro...), e agora?

Bom, depois da partilha da aquisição de carro novo, venho começar a saga da poupança, nada a que já não estejam habituados na verdade 😅. A diferença é que agora começaremos com números identificados e poderão acompanhar a evolução, não por %'s mas por valores exactos, pelo menos até achar seguro falar disso por aqui.

O carro ultrapassou os 10.000,00€ e portanto a poupança feita foi-se numa decisão de "sim, acordamos a compra". 

Neste momento tenho 500,00€ que sobraram da liquidação total da minha poupança. Podem surgir perguntas tais como:

"mas compraste um carro com tudo quanto tinhas junto?"

Mais ou menos, da minha conta poupança restaram-me 500€, que servirão para abrir a próxima poupança a iniciar, mas é evidente que tinha dinheiro à ordem que não usei, e que como bem sabem, desde Março que não faço as poupanças habituais devido a esta questão da covid-19 e em prol de poder ter dinheiro livre para alguma emergência familiar ou de vizinhos. Tenho ainda os meus mealheiros em casa...

A ideia é em Julho registar a nova conta-poupança com 1.000,00€ os tais 500€ que sobraram mais 500€ de ordenados, e em Dezembro ter conseguido ao longo destes 6 meses que faltam, ter entre 2.500,00€ a 3.000,00 em poupança, aposto neste momento mais para os 2.500,00€, mas a ideia é conseguir o máximo que puder.

Foi um choque ver-me "sem nada", mas com a segurança na poupança de consumos do carro (no antigo chegava a gastar 120€/mês, neste irei gastar metade) e com as poupanças que já estou habituada a fazer e a exigir-me, sei que vou conseguir uma almofada de segurança financeira em breve...

Sobre as restrições que fiz até aqui? Valeram a pena. Nunca se arrependam de abdicar de 'a' para ter 'b'. Somos feitos de escolhas, façam as certas. 😊  

terça-feira, 2 de junho de 2020

NOVIDADES!

Ora bem, que o meu pequeno espaço andava por aqui meio esquecido, confesso que andava meio desmotivada, não com o blog, nem com nada demasiado especifico, mas com toda a envolvente que nos rodeia nos últimos meses.

Perguntei-vos à poucos dias sobre o retorno de um seguro auto, e isto porquê? Porque nesse dia, à precisamente 8 dias atrás vi um carro que disse na hora que ia comprar, e aqui estou eu, 8 dias depois com ele nas mãos e com a situação do seguro resolvida (pedi transferência de seguro de uma viatura para a outra - não tive de pagar mais por isso, e cá estamos sem problemas com seguro até dezembro).

É verdade, quem me conhece sabe que sou assim, há quem pondere os negócios importantes, eu se fosse a ponderar perdia a chance e desistia no meio do processo. No inicio do ano disse-vos aqui que a ideia de 2020 seria juntar 5.000,00€ até Dezembro para ajudar na compra de um carro novo - nas minhas mãos. Estamos em Junho, não tenho os 5mil guardados apenas deste ano, mas já tenho o carro na garagem.

Quando o vi disse logo que tinha chance de negociar o preço (vantagem de ter dinheiro parado), só precisava de uma coisa, que o meu irmão visse a mecânica e me dissesse se o carro no geral já valia o valor que tinha marcado de venda a público.

Fomos os dois ao stand, ele verificou tudo e disse que o carro estava bom para o negócio que íamos fazer, mas para fazer o meu melhor... E o meu melhor estava ligado à negociação de preço... Estive depois disso praticamente duas horas a negociar o valor do carro. Não foi fácil e já estava exausta, mas nunca mostrei parte fraca. O meu irmão no entretanto teve tempo de quase dar a volta a todos os carros expostos.
O comercial não aceitou o valor proposto de caras e tentou claro fazer a parte dele, mas eu não desisti da minha posição.

Havia um senão, o preço que ele tinha marcado comportava duas obrigações ao comprador, fazer crédito e entregar um carro de retorno. Estão a ver a minha cara?? (não estão eu sei, mas imaginem)... fazer crédito?! nem pensar. Disse-lhe na hora que o meu interesse era pagamento à vista e que não ia fazer crédito de um valor que tinha disponível de imediato para a compra... Contestou, claro, porque ia perder a comissão de crédito agregada aos comerciais... compreendo a parte dele, alem de que me disse vezes sem conta que 95% dos clientes faziam crédito auto e que era pontual surgirem casos como o meu, respondi prontamente que "têm de agilizar ao cliente, não me podem exigir um crédito quando eu vos quero pagar um carro, cada situação é uma situação, é a vossa imagem, se sair daqui sem o carro e me pedirem opinião eu nunca vou recomendar o vosso stand", internamente já estava desgasta, mas tentei manter sempre o nível e a base do negócio, que era retirar valor ao preço de venda.

Insistia que se não fizesse crédito o preço de venda ao público aumentava... porque estava a quebrar uma das obrigações da compra.

Foram quase duas horas, falámos de tudo, dei o meu carro actual à retoma, consegui que não subissem o preço e consegui ainda que me retirassem valor e desta forma desconto sobre o valor anunciado.

O negócio estava fechado. Marcámos hora para levantar o carro, 18:30h de segunda-feira, tinha até essa hora para a transferência do montante acordado. Fui à minha agência bancária, pedi para liquidarem a minha poupança na totalidade, o técnico de caixa sumiu para a sala do gerente e fui chamada minutos depois, questionou-me se havia razão para estar a movimentar a conta, disse que sim e qual o motivo, mais uma vez fui confrontada com a hipótese de fazer crédito de metade do valor, evidentemente que não aceitei, respondeu "vais gastar o teu dinheiro, não é -NOME-?" respondi que sim.

É o trabalho deles, tanto do stand, como das agências, é a salvação de muitos, mas felizmente eu neste caso não precisei, posso vir a precisar amanhã, mas ontem não precisava, ia fazer para quê? Assim consigo juntar mais rápido novamente.

Sobre como ficaram as minhas poupanças?! Nem queiram saber 😂😂 é coisa para outra publicação, e para passarem a acompanhar de perto 😉 porque aqui, vão começar a juntar-se todos os cêntimos novamente, com a vantagem de que irão saber de tudo desde o inicio 😊😊

terça-feira, 26 de maio de 2020

AJUDA (?) Seguro Automóvel

Boa tarde,
a todos e a todas, tenho andado um pouco desligada deste espaço, deste e dos vossos, são só fases, haverá de voltar  tudo ao normal, pelo menos assim espero. Espero de igual modo que todos vocês estejam bem e seguros.

Hoje trago uma questão, que me parece óbvia, mas gostava de falar convosco...

O meu seguro automóvel é anual, pago em Dezembro de 2019 está em vigor até 2020, a questão é muito simples, a "desistir" do seguro à data de hoje tenho direito a reaver a cota correspondente ao resto do "contrato" até Dezembro?

terça-feira, 12 de maio de 2020

12 de Maio de 2020

Ando tão atordoada com o tempo, juro!, os dias passam tão rápido, há tanto o que fazer, que parece que tudo me foge das mãos.

Tenho dormido pouco, mas quando desperto sinto que o que dormi chegou. Nunca fui assim. Tenho tido predisposição para conversar. Tenho riscado alguns planos e escrito outros.

Estamos praticamente a meio do mês de Maio e parece que o ano vai passar depressa, pelo que vi até aqui.

Estou farta da situação actual e à qual todos estamos sujeitos. É duro, e nem quero pensar em quem vive dentro das cidades, confinado a 4 paredes exteriores. Eu tenho trabalhado sempre, tenho campo em redor e faço a vida minimamente normal, fora as saídas de convívio e o telefone do trabalho que não toca tanto. Mas estou farta, de farta, de fartissima. 

Começo a ler um livro mas depois pouso-o.
Estou acordada até às 2h da manhã.
Trabalho na rua, sujo as mãos e apanho chuva.
Como menos ao almoço.
Passei a ver o café e o kiwi como fonte de vitamina diária.
Tenho amigos que me esperam sempre com uma capacidade louca de atenuar tudo.
Tento aligeirar as manhãs.
Falho todos os dias em alguma coisa, e são vários os que falho comigo.
Tenho o meu quarto tão quieto que parece que não vivo nele.
Vejo flores a florir todos os dias.
Tenho oportunidades de sonho nas mãos.
Ponho os pés no chão com a certeza de que "é o dia".
Estou inquieta.

Não é mau, nem bom. É o que é, vale o que vale. Ou tudo junto.

Estou farta desta fase, destes dias, deste mundo actual.
O sofrimento dos outros atordoa-me, e a tv, se não mostra os milhares de mortos recentes no mundo, mostra-me um pai que se achou no direito de retirar a vida à sua primogénita, ou um estado que injecta milhões camuflados num banco assente em alicerces de uma instituição falida.
Alguém me pode acordar?

terça-feira, 5 de maio de 2020

Miracle - Onde foi a compra?

Bom, depois de ontem vos ter pedido ajuda sobre sites online e de confiança onde pudesse comprar nova unidade do perfume Miracle da Lâncome, tive algumas sugestões muito boas e passei a conhecer sites que não fazia ideia que existiam.

Então primeiramente agradeço a quem deu a sua opinião 😊

Vou deixar os sites que recomendaram e os preços respectivos:

- Perfumes e Companhia, sem despesas de envio - 50,14€ 
- Notino, com 5,95€ de envio - 48,95€
- Perfumes Club, com 3,95 de envio - 42,33€
- Primor, sem despesas de envio - 39,95€
- Arenal, sem despesas de envio - 39,95€
- Perfumarias MASS , sem despesas de envio - 46,02€

Fui ler sobre todas as páginas online e retive alguns depoimentos positivos, quero acreditar que não vou perder metade do ordenado na compra de um perfume não original ahaha.

Bom, a minha primeira escolha recaiu na Perfumes Club, tinha o perfume a 38,38€ com envio a 3,95€ e ficava-me assim a um custo de 42,33€ num total, até ler que eles trabalham com que transportadora? a SEUR. Esqueçam, motivo para decidir que não comprar à marca. E até vos explico porquê, o ano passado comprei na Mango Online uns calções e é evidente que vinham das lojas de Espanha, a encomenda saiu das instalações da Marca no dia seguinte à encomenda e espantem-se estive 2 meses e meio à espera que o raio dos calções chegassem! A marca só me dizia que já tinham saído de armazém (e tinham, via-se nos movimentos da encomenda), a SEUR só me dizia que ainda não tinham entrado nos armazéns deles no meu distrito, olhem... uns nervos, e nem foi pelo dinheiro, mas pelo cansaço que já tinha de algo que já era MEU.

A primor e a Arenal são espanholas pelo que percebi, então, antes que caísse na mesma transportadora declinei logo a hipótese. 

Acabei por optar pela Notino, nos 48,95€ tinham uma descrição completa do produto (que não me garante nada é verdade), tinham as datas de entrega definidas e a opção de descriminar morada alternativa, onde tive oportunidade de indicar a do meu local de trabalho e de escolher a transportadora MRW, que aqui vem quase todos os dias.

Então é isto, 😊 obrigada a todos, espero que chegue tudo conforme.

Valor extra de ordenado - Novamente

Tal como já sabem recebo praticamente, não é certo, todos os meses um extra no ordenado. Esse valor estava desde o inicio do ano destinado a...