quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

Finalizar #2

28 de Fevereiro.
 
É tão bom chegar aqui. Mês vivido, objetivos atingidos e decisões tomadas. Sim, decisões. Os próximos meses não serão bem aquilo que idealizei para este 2019 (mas, na verdade, comigo nunca são).
 
Obrigada Fevereiro. Foste leve.
Até 2020.

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2019

*S08

Oitava semana do ano vivida!

08

|| Fins um exame médico rotineiro. Tudo dentro dos parâmetros que consideram normal. Sou seguida nesta especialidade desde os 18 anos. Praticamente à 10 anos. Às vezes vou com a sensação de que "é hoje" que vão reportar alguma coisa de negativa. Mas não. Ainda, está tudo bem.
 
|| Tratámos dos jardins de casa. Que trabalheira! Eu adoro flores, é um facto, mas quanto menos trabalho derem melhor. 😆😆 Mas os dias já são mais longos, então já dá para fazer qualquer coisinha ao final do dia, e o fim de semana também foi dedicado a elas.
 
|| Treinei 3 vezes.
 
|| Noto que estou a ficar menos melancolia nas recordações que fazia, até aqui, questão de guardar. Tenho deixado ir muita coisa embora.
 
|| Gastei  58,96€ (57,21€ em conta de tv/net/telemóvel)
 
|| Juntei ao mealheiro 12€ em moedas de 2€. Tenho um total de 34€.
 
|| Confirmei todas as faturas no e-fatura e segue tudo pronto para o IRS 2018.
 
A nona semana do ano está a começar. Traz o final de Fevereiro e os primeiros dias de Março, a mim já me lembra a primavera ☀☀🌷🌸🌼

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2019

Ex-colegas!

Eu não guardo rancor, muito menos ódios, mas muitas vezes levanto um leve sorriso, não de troça, mas de um sentimento de leveza que só eu vivencio, quando me falam "de lá".
Falam-me muitas vezes da empresa, dos empregados, patrões, do trabalho. Nunca pergunto nada, apenas me cruzo na fila de supermercado, de multibanco, no estacionamento, e zás!, já em estão a falar de lá.
Chegam ao cúmulo de me perguntar "então, quando é que voltas?" Se eu me sentisse lá bem não me tinha despedido! Às vezes apetece responder torto, mas as pessoas não têm culpa, e até compreendo que só queiram puxar conversa para desabafar um pouco sobre o que é aquele inferno.
Falei do meu antigo trabalho aqui. Era um pesadelo, entre colegas de trabalho e entidade patronal. Nem sei qual  dos dois grupos o pior.
Fiquei a saber que mais uma pessoa se tinha ido embora (não apenas mais uma, porque todos os meses sai e entra gente), mas do meu local de trabalho. Do departamento da empresa onde eu exercia as minhas funções. Já contei 7 pessoas a passar pelo meu lugar e a não terem ficado, uma delas esteve 6 meses. Tudo isto num intervalo de 22 meses. Não é absurdo? Eu sozinha aguentei praticamente o barco ao longo de quase o mesmo tempo, e agora feitas as contas, já lá tiveram 7 cabeças a pensar e nenhuma ficou.
Não voltava nem que me pagassem o quadruplo do que me pagavam na altura.
E solto um leve sorriso porque sei que é bem-feito!
  • Bem-feito para a srª que me tentou estender a passadeira até à porta de saída e que se dizia minha "amiga". Amiga? pf, nem colega chegou a estar perto de ser! Na segunda semana de trabalho já eu sabia com o que contar da parte dela. Casada, mãe, mas apaixonada pelo filho do patrão… Não preciso de ir além…
  • Bem-feito para os patrões, que tenho a certeza que a organização que eu garantia não está neste momento estabelecida.
  • Bem-feito a todos os que acham que não existem alternativas e ainda dizem "ai, nunca percebi porque saíste".
Não, nunca perceberam. Perceber talvez não, porque raciocinar doí, mas todos sabem. E saber e perceber não são a mesma coisa.
Só tenho pena de na altura não ter a estabilidade financeira que tenho agora, porque de certo não tinha aguentado metade do que aguentei. Mas correria o risco de hoje não estar onde estou e como estou. Então obrigada!
E volto a sorrir com cara de muito gozo. 7!

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Há coisas neste blog que o dinheiro não compra!

- "estamparente, verde ou cinza, tu é que escolhes"
(Como não percebi bem, tentei que repetisse)
- As da tia estão de que cor?
- Estamparente.
- ahh
- mas já te disse, tu é que escolhes.

A minha sobrinha quis pintar as unhas no fds. E estamparente é sempre uma cor lindíssima! 💗

terça-feira, 19 de fevereiro de 2019

Dia 50 de 2019

Dia 50 do ano. Passa rápido não passa?

O que mudou em relação ao dia 50 de 2018?

  • + 187,37 € em valor global poupado.
  • Grelha de investimentos iniciada.
  • - 43,74 € gastos em combustível.  🔝
  • - 35,03 € gastos em farmácia. 🔝
  • - 2,51 € gastos em telemóvel.

Generalizando, 2019 nos seus primeiros 50 dias está a ganhar em todas as frentes a 2018 (que já foi, no entanto, um ano a nível financeiro muito BOM!)

 
Nota: Não menciono comparação entre gastos da casa, sejam contas de prestações de serviços sejam de alimentação, porque não as considero "encargos" apenas meus (apesar do dinheiro que me sai da conta não voltar, mas é para todos, não é gasto comigo).

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

*S07

Sétima semana do ano vivida!
 
07
 
|| Gastei 34,53€, bem menos que na semana passada, mas o certo é que não espero mudar de pneus todas as semanas 😂😂
 
|| Transferi o montante programado para a poupança. Se já se aperceberam, tenho por habito faze-lo na segunda semana do mês, e porquê? na primeira semana trato de tudo quanto sejam despesas fixas ou anuais para aquele mês, e na segunda controlo a poupança, porque já sei quanto tempo me restará de mês e os imprevisto/chamados de obrigações mensais ou anuais, já estão resolvidos.
 
|| Esta semana (08) que se inicia e até mesmo a próxima não tenciono ter grandes despesas (nem mesmo pequenas) e o certo é que também não me posso esticar muito 😛😛 por isso tenho estado calma quanto a isso.
 
|| Foi ativo o meu primeiro investimento. Falei a respeito nas duas últimas publicações.
 
|| Dediquei-me mais ao trabalho.
 
|| Vi a semana a passar por entre dos dedos…. e bem dizem, que depois de adultos o tempo passa a voar.
 
|| No fim-de-semana tive uma gala, onde estive com toda a família. Foi bonita, elegante e de partilha de histórias e claro!, motivo para gerar recordações.
 
|| Vi a segunda temporada de Arrow até ao episodio 22, acompanho numa página de exibição de séries no telemóvel ou computador. À semanas que não ligo a minha tv de quarto. Livros 0.
 
A oitava semana está a começar, para mim começou com o som da chuva durante a noite quando, sei-lá-porquê, despertei do meu sono. E que bom é!
 
Boa semana a todos!

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Investimentos - RAIZE

Com o iniciar deste ano ficou claro para mim que, poupar por poupar não fazia mais sentido. Defini a minha conta poupança num propósito e num tecto máximo, que penso atingir em Novembro de 2019, tal como vos referi aqui, com uma taxa de juro baixa, baixíssima, mas sinto-me mais segura em saber que perante uma emergência o dinheiro está disponível para resgate fácil.


Com esta definição veio o caminho seguinte, e a inevitável pergunta “o que faço a seguir?”, e o a seguir não viria depois de Novembro, veio sim, desde o momento em que me programei mensalmente para que em Novembro atingisse o objetivo em conta poupança. De modo a poder reforçar a poupança e iniciar um programa de investimentos.

O ano passado já tinha lido sobre a compra de divida publica, pela aquisição de
- certificados de aforro (série E – atual em mercado)
- certificados de tesouro poupança crescimento (a 7 anos)
Ou mesmo a subscrição de seguros de capitalização, que podem ser adquiridos em seguradoras ou instituições bancárias.

Mas estamos a falar de produtos com taxas que não me chamaram de todo à atenção. O valor de investimento tem de ser considerável para se fazer notar o incremento de valor no final do tempo subscrito.


Fui pesquisar sobre possibilidades de investimentos em Portugal e descobri a RAIZE, uma plataforma de investimentos e crédito. Vou tentar um resumo para que se perceba a ideia chave da plataforma:

- A RAIZE disponibiliza a pequenas e médias empresas a oportunidade de solicitar apoio financeiro por crédito. Analisa os dados financeiros da empresa candidata e o valor de empréstimo em causa e depois de verificados diversos fatores o empréstimo é ou não considerado viável. Ou seja, processo idêntico ao de uma instituição bancária!

A partir desse momento entram em causa os investidores, que podem ser qualquer pessoa. O registo da plataforma para investidores é efetuado pelo registo de email e de alguns dados pessoais. Depois do registo, e dado que se houve registo é porque à intenção de investimento, surge um separador com a informação necessária para efetuarmos o carregamento da n/ conta raize para que possamos começar a investir.

A ideia chave da RAIZE é serem as pessoas comuns a ajudar o negócio de pequenas e médias empresas a troca de taxas mais atrativas que as poupanças atuais portuguesas.

À data de hoje, como a procura por parte dos investidores é muito maior que a procura por parte de credito de empresas, a plataforma tem uma opção de investimento automático, denominada Tracker, que depois de ativa faz o trabalho por nós (investidores).

O tracker é ativo a partir de 20€ e é o valor mínimo para se começar a investir, mas pode ser ativo por 50€, 100€, 35€ conforme opção do investidor. O que quer dizer que, sempre que chega uma oportunidade de negócio/crédito de empresas, o tracker vai “correr” a conta dos investidores, “ler” o valor ativo para investimentos, que podem ser os tais 20€, 50€, 100€, 35€…. e candidatar o nosso dinheiro ao empréstimo em causa.

No entanto, é importante perceber que, independentemente do valor com que ativemos o tracker (p.e. 40€) o valor do nosso empréstimo ao crédito pode ser inferior a esse valor (p.e. 16,50€) e isto acontece pelo que já referi anteriormente, a procura por parte dos investidores é muito superior à procura de crédito e então é um género de “oportunidade” que a plataforma dá aos seus investidores de se manterem ativos e com possibilidade de concorrer aos créditos que são disponibilizados.

Li bastante sobre a plataforma antes de decidir que sim, que iria começar a “trabalhar” com a RAIZE, defini um valor de investimento a transferir mensalmente e ativei o tracker com esse valor, não precisei esperar muito, no 2º dia de montante disponível o tracker ativou o meu dinheiro para um empréstimo com taxa a 4,25%. O mapa de pagamentos por parte da empresa ainda não foi disponibilizado pela raize, porque de momento falta efetivar o empréstimo.

Considerações a ter:
- A RAIZE categoriza os créditos por risco, tipo A, B, B+, C, p.e. e o risco acresce de A em diante.
- A taxa de juro, associada ao risco, varia de crédito para crédito. 
- Depois de ativo o investimento, o retorno é feito mensalmente pelo período contratado de empréstimo, ou seja, o investidor recebe todos os meses uma tranche do dinheiro que emprestou com o incremento do juro.
- A RAIZE reitera na sua diversa documentação que o retorno não é garantido. Quem é que adivinha que uma empresa vai falir? É por isso que é importante analisar as empresas a quem emprestamos o nosso dinheiro. Analisar as receitas e o capital próprio da empresa é já uma “meia segurança”, é disponibilizado na plataforma dados contabilísticos de 2015 a 2017.
(mas o tracker ativa o meu dinheiro em empréstimo automaticamente, como é que posso controlar as análises de risco?? Bom, antecipadamente não pode, dado que o tracker “corre” as nossas contas sem sabermos da existência de um possível empréstimo, mas depois é possível analisar a empresa assim que recebemos a informação de que o tracker foi ativo, não sendo do nosso agrado podemos vender o nosso investimento – mas esta questão ficará para outra publicação, que esta vai longa)
- A possibilidade de investimentos a partir de 20€ abre o leque de oportunidades aos investidores.

Eu não estou a incentivar ninguém a investir na RAIZE, estou apenas a partilhar a minha, para já, experiência na plataforma. Faz sentido para mim, dado que tenho partilhado por aqui, alguns sucessos e insucessos no meu trajecto financeiro. Tenciono aumentar os meus investimentos nesta plataforma e depois quem sabe apostar noutras também.

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019



Esta semana tem sido uma semana de trabalho. Bom trabalho. Por extraordinário não me sinta cansada.
Tenho tido menos tempo para algumas pausas mas não me sinto cansada. É bom quando se é útil.
 
Por consequente tenho deixado de ler sobre a economia e de cuscar como andam os mercados, mas tenho já em mente uma publicação sobre o meu primeiro investimento deste ano e vá!, da minha vida. Nada em grande escala para já. Já bem dizia o outro, "para começar, comece pequeno".

segunda-feira, 11 de fevereiro de 2019

* S06

Sexta semana do ano vivida!
 
06
 
|| Viveram-se os primeiros dias de Fevereiro;
 
|| Tenho assistido a uma série que iniciou em 2012, provavelmente conhecem, ARROW, a história de um jovem rico que fica preso numa ilha durante 5 anos, por naufrágio do barco da família no qual viajava com o pai e uma das namoradas. Quando regressa a casa, é outra pessoa.
 
|| As leituras é que ainda andam a zeros. -.-
 
|| Na sexta-feira o dia parecia de um Março de à muitos anos, limpo, de sol e já com algum calor.
 
|| Gastei  301,26€ NUMA SEMANA! (mas tive compras de alimentação, abastecimento de combustível - e tudo indica que para fevereiro estamos ok,... pneus! ah, e 4€ no mealheiro de moedas de 2€)
 
|| Tenho no mealheiro de 2€, 22,00€.
 
|| Resolvi uma pendencia de um projecto importante para 2019. Já andava a dormir mal por causa disto. Eu sou assim, sei que está por fazer, mas muitas vezes arrasto, arrasto e arrasto… Andava arrastado desde Novembro. Portanto, à 4 meses.
 

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

IRS 2019

Já alguém consultou a página online das Finanças no separador de IRS automático?
Eu estou dentro dos parâmetros definidos pelo estado para estar abrangida neste automatismo. No entanto, em consulta à pagina, surge-me a indicação de que não tenho acesso ao IRS automático e para fazer entrega do modelo correspondente IRS.
 
Isto é normal, considerando a data a que estamos?
Não estará, já, disponível porque ainda tenho pendentes faturas?
 
É que eu estou mesmo dentro dos parâmetros definidos para ter acesso ao IRS automático.

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

*S05

Quinta semana do ano vivida!

05
Janeiro terminou ✋✋✋✋
 
|| Parecia mês que nunca mais ia acabar, mas para se dizer a verdade já é habito que assim seja, ano após ano.
 
|| Na terça fui buscar a minha mãe ao trabalho e quando já íamos as duas a caminho de casa o sr da rádio dizia "dia 29 ? a mim parece-me o dia 79 de janeiro". O que me ri com isto e a minha mãe a pedir que tomasse atenção à estrada…. aiii! mães!

|| Terminei alguns processos que tinha pendentes.

|| No fim de semana é quando todos temos mais tempo para nos sentarmos à lareira a conversar uns com os outros. Eu gosto disso. Do ritual. E das conversas. Deste fds foi o que ficou.

|| A minha sobrinha passou pouco tempo comigo este fds, e acho que sente quando isso acontece. Dormiu com a minha mãe no sábado e enquanto dormia dizia "mostra tia, mostra". Estaria a sonhar comigo a princesa ☺☺

|| Não li nenhum livro físico e também não assisti a cinema esta semana. Vi alguns episódios antigos da Nath do "Me Poupe!".

|| Revi os meus colegas de turma de secundário. Foi um partilhar de histórias que vivemos à mais de 10 anos. E um desafio pôr-nos a par do que cada um tem feito até "aqui".

|| Só treinei na segunda e na terça 😞😞😞

|| Passei frio, porque independentemente do numero de roupa que vista, eu passo sempre frio nestas épocas. Acho que é ridículo estas camadas de gelo aí pela rua. Mas é o que temos!

|| A sexta semana do ano está a começar ☺! Boa semana.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2019

1º Desafio de 2019, como correu?

Na terça escrevi que esta semana seria uma semana de gastos 0. Fiquei de na sexta, analisar a semana e lançar o veredito final…
 
A ideia era "gastar" 0€/não gastar nada.
 
Na quarta gastei 7,72€.
Portanto falhei em + 7.72€ que o suposto gastar.
 
O que me chateia?
Não é o valor gasto, mas no que foi gasto.
A ideia da minha alimentação é eliminar os açucares e por consequência melhorar a saúde, nomeadamente a da pele (não sou um bicho papão a comer doces e também não tenho uma pele hooooooorrivel, mas gosto de melhorar!).
 Há dias em que me oferecem doces e eu rejeito sem problema nenhum, juro que não me faz comichão nenhuma e é mesmo de vontade que digo que não quero. Mas há outros em que a procura por algo doce é declarada à brava. Na quarta a questão nem era necessitar de doces, mas apetecia-me uma porcaria qualquer, fui ao supermercado e comprei uns ingredientes para uma sobremesa para fazer no fds e comprei uma porcaria para comer pois claro!
Sou muito segura de mim no que respeita a decisões, mas quando fico nervosa ou ansiosa, a coisa ainda não corre como quero.
 
Acho que vou começar a meditar. Como se isso fosse só assim, dizer começar e fazer 😐😐😐 !
 
Desafio 1 - Não superado!

Valor extra de ordenado - Novamente

Tal como já sabem recebo praticamente, não é certo, todos os meses um extra no ordenado. Esse valor estava desde o inicio do ano destinado a...