sábado, 31 de março de 2018

Análise Financeira - MARÇO

O terceiro mês do ano já acabou, dá para acreditar numa coisa destas?... 3 meses completos, vividos, virados, riscados do calendário, guardados na memória, em fotografias, em trabalhos, em histórias. 2018 está com medo de não chegar à meta, é que corre que nem louco.

De Março, em poupança temos que:

- Poupança bancária de 46% do ordenado;
- 10€ no envelope do MINI-PÉ-DE-URGÊNICA (que já foi concluído);
- 16 moedas de 2€ (num total de 32€);

quinta-feira, 29 de março de 2018

A Consciência e os ajustes pelo meio

Em 2017 tive a consciência económica a recair sobre mim. Poupo mais, e tento gerir muito melhor o meu dinheiro. Não tenho grandes encargos pessoais (ajuda nas contas da casa, combustível, telefone, seguro automóvel, quotas), mas a verdade é que gastava sempre o salário sem grandes poupanças, graças que mudei essa atitude.

Recordo que desde Agosto passado não aplico dinheiro nenhum em vestuário, sapatos, vernizes, maquilhagem (desde outubro), porque o que tenho considero que seja demais.

Já lá vão 7 meses sem estes gastos e posso dizer que é do melhor. Tenho tanto o que usar, que não encontro necessidade de me atafulhar com mais.
Só tenho um problema, brincos, será que há alguém por esse universo fora pior que eu no gosto por comprar brincos?

Não compro todos os meses é claro, mas quando compro é sempre 2, 3 pares de uma só vez... não me afunda os planos de poupança, e sei que o facto de deixar vestuário e afins para trás me facilita muito as contas, mas só tenho duas orelhas, para quê esta mania se uso sempre os mesmos 😛

quarta-feira, 28 de março de 2018

Desafio certo na semana errada

Sim, é certo, não fui de todo inteligente, quando no domingo passado fiz a escolha de ter esta semana a gastos 0€, para que no final do mês a poupança ficasse em 48% (o valor mais alto que alguma vez atingiria).
Não me lembrei que era a semana santa, que tinha a páscoa a chegar, e claro as pequenas ofertas a família, mesmo que seja um simples saquinho de amêndoas, ao preço que estão

terça-feira, 27 de março de 2018

Na hora do descanso.

O facto de que tudo o que nos rodeia nos influencia, no meu ver, é mesmo real. Considero, mesmo, que tudo aquilo que temos ao nosso redor tem a capacidade de nos relaxar ou enervar. Eu gosto de tudo simples, tudo no lugar (ou lá perto), e um dos meus maiores cuidados é com a arrumação do quarto, é lá que descanso.

Para que nada me tire a calma faço:

- Cama sempre feita antes de sair de casa (à noite dá a sensação de conforto quando se volta a entrar);
- Nunca me deito com absolutamente nada em cima da cama (seja mantinha de me enrolar a ver tv, seja um casaco pendurado nos apoios da cama... nada)
- As mesas de cabeceira, apenas suportam as fontes de luz, assim posso colocar o telemóvel e o batom p.e., sem que pareça que tenho 300 coisas em cima da cabeceira, logo ali ao lado da cabeça, a atafulhar a visão e a mente.
-  A partir de x hora a tv é desligada e o telemóvel pousado na cabeceira;
- A roupa da cama, é sempre em tons clarinhos (branco, rosa, perola)

Só há algo que ainda não faço e acho que deve ajudar em muito a relaxar e a dormir em paz. Apontar na agenda o que há a fazer no dia a seguir, ou as tarefas com que nos comprometemos como meta. Deve ajudar em muito.

☺☺
 

domingo, 25 de março de 2018

Aos domingos que adoro

Eu gosto muito do domingo, principalmente de domingos como o de hoje, solarengo, de luz, com canto de passarinhos :)
Passei a manhã pela rua, a aproveitar o iniciar do dia.
Estes dias são do melhor para fazer retrospectivas, pelo menos para mim :)

Andei a fazer contas, pois claro :P Se a semana que inicia amanhã for

quarta-feira, 21 de março de 2018

Estado civil e as %s

Li no inicio da semana, num blog Brasileiro, que não recordo mesmo o nome, mas que tratava a organização doméstica e situações do género, (sim, que o povo brasileiro tem muito blog a abordar o tema, organização "disto", organização "daquilo", e é um tema que gosto de ler por vezes.) uma publicação que falava de organização financeira.
 
Resumidamente, trazía-nos informação sobre quanto devemos poupar do nosso vencimento face ao estado civil, achei graça, ora então dizia que:
 
- Casados e com Filhos:  10% a poupar
- Casados e sem Filhos:   30% a poupar
- Solteiros (sem filhos):   50% a poupar
 
Na verdade, e face aos gastos previsíveis estando em cada um dos estados civis citados, estas percentagens parecem-me bem apropriadas.
 
Eu ainda ando abaixo dos 50%, mas quero lá chegar com o dinheiro que sai = dinheiro que entra, que ainda não apliquei este mês, mas talvez no próximo. Mas quero chegar a passar dos 50%. E não, não sou maluca das poupanças, mas se não poupar agora, vou poupar quando? Com família, encargos pessoais, crianças? Não, é agora que tem de ser feito.
 
 
😊😊

segunda-feira, 19 de março de 2018

Eu e os 2€

Eu o ano passado comecei a juntar moedas de 2€, começou por brincadeira, juntando apenas as moedas de países diferentes, depois comecei a juntar repetidas e repetidas e mais repetidas, e passou a ser um plano de poupança.

Já escrevi por aí, que o ano passado juntei 280€, e como acho sempre que em equipa que ganha não se mexe, este ano decidi continuar com este método de colocar todas as moedas de 2 € de lado. Até aqui tudo certo, não fosse o desânimo de em Janeiro e Fevereiro só ter junto 8 moedas em cada mês,  é que o ano passado achei que havia mais facilidade em me virem parar às mãos, este ano, ou há menos, ou não tenho tido sorte.

Hoje fui contar as que já tinha em mealheiro e vi que até ao dia de hoje, no mês de março juntei 10 moedas.
8+8+10= 26 moedas = 52€.

A fazer assim as contas até nem acho nada mal, não esquecendo que já faço transferência para poupança todos os meses, mesmo que não fizesse este método dos 2€ não é nada mau. Principalmente para quem, com contas mensais, não consegue poupar valores maiores.

É preciso é definir um valor a atingir para depois ir efetuar o deposito, porque parar muitas moedas e de maior valor não considero que seja muito bom para a economia, eu defini 125 moedas como o número a atingir para ir depositar. Lá para 2021 devo conseguir :) :)

domingo, 18 de março de 2018

A esperança :)

Uma das palavras que mais gosto, esperança. Ter esperança em futuros, em metas, em sorrisos, em força. 

Já tive muitos dias sem cor, sem atitude, sem vontades. Já, já tive. E nesses dias é difícil, não se olha em frente, não se projetam vontades... 

É por isso que gosto da esperança, daquele planeamento em dias melhores. De acreditar sempre. De lutar sempre.

A escolher uma palavra do dicionário da língua portuguesa seria definitivamente ESPERANÇA. 

Que 2018 continue a trazer esperança à minha vida, a trazer-me o que me tem dado ao longo destes 77 dias que já se viveram.
Que seja bom para mim, e para todos.

terça-feira, 13 de março de 2018

Dinheiro que sai = Dinheiro que entra

Estas andanças pelo mundo das poupanças são recentes.
É recente a prioridade de poupar.
São recentes os planos de poupança. 
É recente o meu interesse pela economia.
São recentes as metas definidas. 

Mas há algo que um dia gostaria que acontecesse comigo, o que chamo de, o dinheiro que sai ser IGUAL ao dinheiro que entra. O que por outras palavras é poupar valor igual a tudo o que gasto ao longo do mês 
- se abasteco o carro em 50€, colocar 50€ de lado para poupança ;
- se gasto 4,22€ em fruta, por 4,22€ de lado para poupança, 
Ou seja, poupar o valor gasto em algum serviço ou produto.

Eu sei exatamente quanto gasto por mês, quanto dinheiro meu vejo ir para outros bolsos, porque anoto tudo. Também sei que o que poupo já é um valor considerável. Mas gostava mesmo, mesmo de um dia chegar a estes valores. O que guardo ser igual ao que gasto. Um dia.

segunda-feira, 12 de março de 2018

Cabelo | cuidados por casa

A semana passada tivemos no calendário o dia da mulher, todos sabemos que a mulher tem acesso a infindáveis produtos de beleza e que isso afunda ou pode afundar os recursos monetários sem grande esforço.
Eu já referi como faço as minhas Poupanças Femininas, e como mulher também cuido de mim.
Hoje falo mais ao pormenor do cabelo, como o trato a poupar na carteira e na saúde do cabelo.

Duas técnicas: [sim, só duas]

- Corte de 2 em 2 meses;
- uso de óleo para reparação de pontas da Gliss
Pode ser usado antes da lavagem, depois de lavar e secar ou como acabamento de beleza. E eu uso das 3 formas. Mantém as pontas hidratadas e cuidadas e mantém um aroma suave no cabelo.

Costumo comprar em promoção, o preço normal é de 9€ e tal, em promoção compro a 50%. E dura sempre imenso tempo.

O meu cabelo dá -se bem com ele, é seco e quebradiço e este óleo "ajuda-o".

:-D

segunda-feira, 5 de março de 2018

MINI PÉ-DE-URGÊNICA - Conclusão

Num dos meus objetivos de 2018, decidi guardar 100,00€ no que chamei de mini-pé-de-urgência a ter em casa, para me precaver a mim e eventualmente à família de algum imprevisto ou necessidade.
 
Decidi começar por guardar 20€ por mês, o que indicava que teria que poupar até Maio, mas a verdade é que estamos na primeira semana de Março e este objetivo já está riscado da lista :).
 
Vamos a registo:
20 € Janeiro
20€ Fevereiro
50€ Fevereiro
10€ Março
 
Os 50€ de Fevereiro dizem respeito a trabalhos feitos em casa de uma vizinha ao longo de 2 fins de semana em Fevereiro. Se foi rendimento extra aproveitei e acabei logo com um "encargo" mensal.
 
É uma boa forma de começar a semana, o que ajudou que inicia-se melhor ainda foi a chuva, ouvir a chuva logo pela manhã, precisamos que chova como tem chovido nos últimos dias durante aproximadamente 2 meses para acabar com a seca que já se sentia. Parece irrisório, parece termos visto muita chuva cair nos últimos dias e falam-nos em mais 2 meses? Mas é verdade. Precisamos de água.

quinta-feira, 1 de março de 2018

Análise Financeira - FEVEREIRO

O mês número 2 findou ontem. Menos um por viver em 2018. Se Janeiro demorou uma eternidade, Fevereiro pareceu passar a voar.
Como um dos meus objetivos para este ano é manter o plano de Poupanças iniciado em 2017, ontem ao final do dia fui analisar as minhas contas. Financeiramente Fevereiro ficou assim:
 
- Poupança bancária de 1/3 do ordenado;
- 20€ colocados no envelope do meu MINI-PÉ-DE-URGÊNCIA;
- 8 moedas de 2€ em mealheiro;
 
Isto das moedas de 2 anda engraçado anda... 8 em Janeiro... 8 em Fevereiro... Parece que andam meio escassas.
 
Obrigada Fevereiro, principalmente pela chuva.
 
 
  
** Análise Janeiro
😊😊

Noticias

"Em comparação com 2018, em que a retenção se iniciava nos rendimentos mensais a partir de 632 euros , em 2019, por via da atualização...