quarta-feira, 26 de agosto de 2020

26/08/2020

Levantei-me.

Estive 10 minutos a lavar o rosto. Porque deixei a mascara de argila verde a actuar a noite inteira.

No quarto, enquanto olhava o espelho, passei os meus 3 cremes.

Vesti-me.

Calça de ganga, camisa preta de cava, sapatos de brilho em tom bordeaux discreto.

Brincos com perola azul envolta numa meia estrela/meia flor a rodear, de uma prata brilhante.

Peguei em leite e chocolate e aqueci no microondas. Não bebo leite desde 2017.

Sentei-me na mesa da sala, abri um pão e passei geleia de abobora. Pegava na caneca enquanto degustava o pão. Não me repreendi, acho que a nega que dei ao leite por todos estes anos, morreu na hora em que percebi que talvez precisasse de algo quente. Bebi até ao fim.

Saí para o trabalho e o nó na garganta era só o principio da maior decisão da minha vida nos últimos meses.

Eram 09:05min.

A vida vai continuar. E eu passo por ela todos os dias. Todos.

Só ainda não sei como a viver.

O que fazer.

E para onde ir.

5 comentários:

  1. Força aí na decisão :). Boa sorte.

    ResponderEliminar
  2. Qualquer que seja a decisão, que traga tudo de bom. Mudanças boas. Pessoas boas.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. É tão nova que só pode ser feliz a partir daqui. Boa sorte.

    ResponderEliminar
  4. Boa sorte e que a decisão a tomar lhe traga coisas boas :)

    ResponderEliminar

Mealheiro (pelas mãos da Cláudia)

Hoje trago-vos uma novidade, que para muitos já não o é porque conhecem a Cláudia do blog " Eu também tenho um blog ", ela tem jei...