quarta-feira, 11 de março de 2020

Investir em Ouro?

No sábado, tal como já tinha dito por aqui, fui ver do fio de ouro para prenda de baptismo da minha, e do meu irmão, afilhada.
Aproveitei para ver da minha pandora e da minha primeira peça.

Como queria a malha singapura, pus a minha pulseira de ouro (que é dessa malha) para poder expressar logo que era aquela malha que queria. É que senhores... há imensos tipos de malha e alguns tão parecidos...

Por curiosidade falei no tempo em que comprei a minha pulseira e de quanto valor, o sr riu-se (comprei naquela loja), e eu continuei a conversa. O sr. perguntou se me podia tirar a pulseira e pesa-la, dei ordem claro. Fez uma conta e disse "sabe quanto custa a sua pulseira no dia de hoje?", estão a imaginar a minha cara? disse que não, mas que queria saber, CLARO. Pois que uma pulseira comprada por 50€, custava hoje 240,00€. Pois é... simples assim, quase que quintuplicou...

É certo que foi à mais de 10 anos. E daí? se na época se tivesse comprado forte e se esperasse pelo actual mercado, sem criar apego às jóias (é que para mim o apego é do caraças, se me apego, já não me desfaço) a vender hoje ia ser um bom investimento, sem dúvida.

Quando comecei a ler sobre investimentos, li logo nos primeiros dias, artigos sobre investimentos em compra de ouro (barra) e desisti da ideia, pelo preço, e pelas opiniões gerais sobre este tipo de investimento, porque a valorização é incerta, mas também o é em qualquer outro investimento.

Caraças pá, pena na época não ter comprado um 1kg de ouro, hoje tinha 100.000,00€.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Mealheiro (pelas mãos da Cláudia)

Hoje trago-vos uma novidade, que para muitos já não o é porque conhecem a Cláudia do blog " Eu também tenho um blog ", ela tem jei...