quarta-feira, 5 de junho de 2024

625 € em junho (como?)

Depois de perceber que em junho queria muito fechar os certificados de aforro e ao mesmo tempo subscrever novo depósito comecei a pensar em valores.

Ou metia o máximo dos máximos nos CA's e não metia nada ainda nos depósitos, ou tinha de distribuir pelos dois.

Decidi fechar assim os CA's com os 5500€ certos e "tentar" pegar em 350€ para por nos depósitos. 

Precisando assim de 625€ agora em junho, então tive de me fazer a contas e a extras e o que consegui foi:

  • Resto de ordenado de Maio - 6,89€
  • Extra de Km's de Maio - 84,40€
  • Extra part-time de Maio - 115€
  • Extra part-time de Junho - 125€   (previsto) 
  • Extra de cartão de subsidio de compra do filho - 66,39€
  • Extra de cartão de subsidio de compra para casa - 45€

Dá-me já um total de 442,68€. 


Passo a explicar este extra de cartão de subsidio:
Eu recebo todos os meses o meu subsidio de alimentação num cartão multibanco que posso usar unicamente em supermercados e/ou restauração. 
Não é possível levantar este dinheiro em físico. 
Então, aproveitei que tive o dia de folga na passada sexta feira (pós-feriado) e fui eu às compras (mensais) e com isso aproveitei para usar o subsidio de alimentação que já tinha recebido na altura, e deu um jeitaço.
Fiz as compras do bebé e deu um total de 66,39€ e assim que entrar o abono dele (a 16 de junho) fico com este valor para mim, pois já o gastei e as compras dele já estão feitas (Leite, fraldas, toalhitas, iogurtes, frutinhas). Faço isto à uns 3 meses e realmente o que gasto retiro no abono e para mim fica como um extra.
Fiz as nossas compras para casa e ainda tirei deste cartão 90€ para as pagar, o que dá 45€ a cada um. Assim que acertar contas com o namorado estes 45€ é como se não existissem e passam a poupança, pois é dinheiro que eu "não vejo".


Se por si só com estes extras acumulados consigo 442,68€ quer dizer que para chegar aos 625€ ainda me faltam 182,32€. Não esquecendo que são valores extras, ou neste caso de subsídios também, o que quer dizer que o meu salário liquido continua na conta à ordem... O mês passado por exemplo, do ordenado em si poupei 184,80€, portanto....


O que acham? 
Consigo bater a meta?
💰


O mais difícil aqui para mim tem sido parar estes extras todos, ou seja, assim que me chegam à carteira são desviados para um bolso único e ali ficam a acumular no decorrer do mês até chegar um novo inicio de mês e serem poupança. Tem sido apontar tudinho o que entra para não me esquecer de nada. E antes eu não o fazia, imaginem, recebia 20€ do meu part-time e ia meter combustível, sem tomar nota, nada de nada e ali ficava gasto. Comprava um lanche, uma blusa, uns brincos, etc, lá se ia o dinheiro. Acho que essa tem sido a diferença maior deste ano, a preocupação em realmente ver tudinho o que entra e fazer registo de tudo o que sai e de que dinheiro sai (do ordenado ou extras).
O que me tem ajudado muito também é viver unicamente com o meu ordenado. Imaginem, estes extras não são garantidos, pelo que, a qualquer momento os posso perder, encaixar a minha vida financeira toda no ordenado liquido que recebo na minha conta à ordem é definir para mim própria que dali não posso mesmo passar. Tem-me ajudado muito ter isso na cabeça.

No final do mês já sabem, passo a dizer como correu, aliás, lá pelos dias 20's já saberei se consegui ou não fazer este novo depósito.

Até lá 🙌

6 comentários:

  1. Bom dia!
    O abono este mês é pago a dia 14 por causa do fim de semana.
    Desculpe a pergunta, mas essas compras do seu filho chegam para o mês todo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, bom dia
      Não, estas compras por norma não chegam, a fruta e iogurtes são sempre preciso repor, as fraldas a principio lá mais para a última semana também de certeza vou precisar porque comprei "muito cedo" este mês.
      Por norma, são feitas duas compras por mês para ele, a segunda é sempre num valor inferior.

      Obrigada, não sabia, assim sendo recebesse mais cedo :) é sempre bom

      Um resto de boa semana :)

      Eliminar
  2. Sinceramente eu acho que consegues e podes até passar esse valor, se tens o ordenado todo ainda disponível, bem gerido pode dar para mais. Lembro-me de teres posto pneus o mês passado, se juntares esses dois valores já sobes logo e bem essa poupança.
    Cá a esperamos para ver o resultado!
    Bjs, Isabel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tinha pensado nisso ainda, sim se juntar o valor da poupança + pneus do mês passado chego praticamente aos 350€, era beeeeeeeeeem bom

      Obrigada Isabel, pelo lembrete :)

      Beijinho

      Eliminar
  3. Ah consegues, claro que sim!

    Força nisso!

    Olha isso é verdade. Viver mesmo abaixo do ordenado é o segredo. Eu recebo aquele valor por fora, nunca na vida o gastei. Sempre foi poupança. Eu tenho que me orientar é com o ordenado e não com os "extras" que são isso mesmo, extras e poderão acabar. Mas claro, que tudo é somado. Tudo conta para a poupança.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida é o segredo, estes entendidos das finanças até dizem mesmo que tudo o que é extra deve ser investido.

      Tenho pensado muito nisso. Se um dia estes extras acabam tenho de me virar com o ordenado, e além de poupar os extras todos (medida deste ano), também ainda me obrigo a poupar do ordenado, que assim, num dia a ter de viver só com ele já estou habituada.

      Beijinho :)

      Eliminar

Eu vou conseguir!

Li esta frase, não é minha, mas isto, TAMBÉM, sou claramente eu: " Existe um detalhe em mim maior que tudo: Pode passar o tempo que for...