segunda-feira, 27 de agosto de 2018

Reaproximações (aos poucos).

Sou cristã.
Fui educada na religião do cristianismo. 
Cresci a frequentar a igreja. A gostar de observar as particularidades diferentes e únicas de cada uma das que visitava.
Li leituras.
Fui acolita.
Cantei cânticos. 

(mas…)

Quando se começa a ter a liberdade de ler história. Ler a nossa história. E a de outros países, as ideias e ideais vão-se transformando.

E transformam-se ainda mais quando passam pela nossa vida determinados acontecimentos. Em que queremos culpar. Culpar algo ou alguém.

Hoje fui à igreja.
Sabe Deus a quantidade de anos que não me sentava ali. Naquele lugar. Naquele banco. Naquela extremidade.

Fiquei durante 25 minutos.
Passaram rápido.

Recordei tudo quanto tinha pedido, quando anos atras me sentei no mesmo lugar. Recordei a mágoa que tinha na altura. O porquê de me ter afastado. O porquê de ter procurado aquele lugar naquela data. 

Fiquei, por fim, a pensar no que me fez lá entrar hoje. Nas direções que me foram sendo postas ao longo do meu trajeto nestes anos. Nas em que apostei para percorrer.
Não deixa de ter graça, agora, a esta distância verificar o que pedi e o que conquistei. Embora a mágoa maior ainda esteja entranhada e vá continuar a estar.

Acho que me fez bem. 
Eu gosto do frio das igrejas.
Do cheiro da vela.

Estava vazia, e estive sempre sozinha até sair.
Ainda não consigo entender as provações/acontecimentos, mas vou aprendendo. Ou tentando.

2 comentários:

  1. Às vezes é bom afastar para depois então conseguirmos entender algumas coisas.
    Também fui criada como cristã e também andei na catequese. Mas houve aí uns anos que me afastei. Ainda hoje me revolto com muita coisa e aliás, não concordo com tudo o que a igreja diz. Mas se calhar é mesmo assim...

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não. O que é muitas vezes dito pela igreja não é lei, nem deve ser interpretado como tal.
      Muito mal foi feito pelos "capitães" cristãos. Ou os que assim se dizem ser… Cada historia mais macabra contada, basta perder um pouco de tempo em redor de pesquisas.

      E agora na nova era, tanta e tanta denuncia de abuso a crianças, que horror! É imperdoável.

      beijinho

      Eliminar

Saúde

Ando à uns dias com um torcicolo, isto dói imenso, chega a dar dores de cabeça, ando cansada disto e de ter isto.