quarta-feira, 11 de abril de 2018

Para os meus amigos ;) e não só

Para os meus amigos e os amigos dos outros,
A frase que mais ouço quando se fala em dinheiro no meu circulo de amigos é... adivinhe-se.. "não consigo poupar", "o dinheiro não estica", " a vida tá difícil para aplicar em poupança".

Ok!

Não é um assunto que se fala muito, normalmente gostamos de abordar outros assuntos e questões da vida, mas por vezes lá calha na rifa o assunto das notinhas.
Eu não acho que seja fácil poupar, mas também não acho que seja um bicho de 100 cabeças. Se é preciso métodos? sim, é. Se cada um é individual e precisa encontrar o seu método? sim, é verdade.
Basta sentar e observar onde aplicamos o nosso dinheiro.
Tenho esse hábito à muitos anos, apesar de nem em todos ter poupado. Mas a nota de todos os gastos eu já fazia. Eu sempre soube para onde ia o meu dinheiro. E esse é o primeiro passo importante a dar nestas andanças.
Este ano tenho sido mais forreta e contida, penso muitas vezes no mercado e na necessidade da troca de valores. Se não adquirir o comerciante não vende.
Há sempre dois lados.
Mas fico confusa com as analogias dadas pelos meus colegas para não se esforçarem a poupar nada, já referi aqui no blogue que tenho amigas de faculdade a guardar 10€/mês, parece pouco? Não é, e eu explico o porquê:
Vou dar um exemplo de uma grande amiga nessa situação (10€mês em poupança)
- Partilha casa com o namorado;
- Entram os dois com renumeração em casa;
- Ambos vivem as aventuras que gostam;
- Têm as contas em dia;
- Ela comprometeu-se a colocar 10€/mês de lado (em 2008 quando a conheci já o fazia)
Façamos contas agora,
em 2008 foi quando a conheci, passaram 10 anos desde essa data (10€/mês = 120€/ano = 1.200€/10 anos). Atendendo a que ela já o fazia antes de a conhecer o valor já deve estar acima dos 1.200€, parece pouco não é? não. Parece-me uma quantia razoável face ao esforço mensal.

10€? quem é que não consegue colocar 10€ de lado? É importante ter folga no vencimento, senão só se vive para pagar contas.

Poupar é sempre possível, chegar a altos valores de forma rápida, é que nem por isso.

8 comentários:

  1. Posso estar a ser má, mas cada vez tenho menos paciência para esse discurso do não dá para poupar.
    eu acho que só não poupa quem não quer mesmo. Quem não está para se dar ao trabalho, quem não se quer sacrificar de algum modo... Mas depois também não se podem queixar.
    Há sempre formas de poupar alguma coisa. É só querer realmente!
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu continuo a querer ouvir, a querer tentar entender, porque também se aprende com as histórias dos outros.
      Mas não acredito que.não se consigam colocar no mínimo 10€ de lado.

      Eliminar
  2. Concordo plenamente! ;)
    É preciso esforço e algumas cedências mas a verdade é que poupar até nos permite perceber o que é realmente importante! ;)
    Beijinho
    Cris

    www.lima-limao.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida Cristina, permite mesmo analisar o que é ou não necessário.

      Eliminar
  3. Em tempos posso acreditar que fosse difícil poupar, falo de quando iniciou e decorreu a grande crise pela qual passamos a bem pouco tempo, mas acho que já não se justifica mais essa desculpa. O mercado está melhor, não poupa quem não quer.
    bjs, Marta

    ResponderEliminar
  4. Eu este mês não vou poupar nada porque vamos viajar, mas tento sempre, mas sempre, poupar pelo menos 100€.
    Fico doente de ver o dinheiro a voar da conta.

    Mas acredito que para muita gente é complicado e nem toda a gente tem o mesmo ordenado.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, nem toda a gente tem o mesmo ordenado, muito menos os mesmos gostos/obrigações.

      Eliminar

Mealheiro (pelas mãos da Cláudia)

Hoje trago-vos uma novidade, que para muitos já não o é porque conhecem a Cláudia do blog " Eu também tenho um blog ", ela tem jei...