quinta-feira, 19 de abril de 2018

Coração de pápas.

Sempre achei que o meu coração é de pápas (mole, emotivo, desfeito por situações várias). Hoje foi dia de ajudar um vizinho, que à uns anos atras me ajudou a mim.

A bondade relembra, retribui.

Fico triste com as fraquezas dos outros. Mas acredito que fazendo o bem podemos melhorar o dia de alguém. Por pouco que seja, ou por pouco que nos pareça. O nosso mínimo pode de facto melhorar o nosso próximo.

Apesar de me apetecer chorar muito nesta situação concreta, acredito que o Sr.º seguiu viagem até à sua casa de coração mais quente.

4 comentários:

  1. Que bom é ajudar os outros :)
    muito bem,
    bjs, Marta

    ResponderEliminar
  2. Acho que se as nossas pequenas atitudes que muitas vezes não nos custam nada, puderem ajudar os outros, pq não o fazer?

    ResponderEliminar
  3. Fico feliz por poder ajudar e o meu coração ainda mais ;)
    Bom fim de semana! Beijinho

    ResponderEliminar
  4. Pode ter sido, para ti, uma coisa simples e um gesto pequeno, mas para ele de certeza que valeu por milhões.

    Beijocas

    ResponderEliminar

Mealheiro (pelas mãos da Cláudia)

Hoje trago-vos uma novidade, que para muitos já não o é porque conhecem a Cláudia do blog " Eu também tenho um blog ", ela tem jei...