quarta-feira, 24 de julho de 2019

A vida não são dois dias? - Não.


A vida não são dois dias não!
 
Essa mania que todos temos da impulsividade, de tudo ser de ontem e para antes-de-ontem. A correria, as coisas mal pensadas. Passar por cima do joelho porque afinal não há tempo a perder com o que mais dia menos dia se perde mesmo.
Querer correr só porque sim e porque alguém do lado disse que a vida passa num sopro. Não passa não! A vida não é feita do hoje, nem tão pouco da pressa de se viver porque a vida acaba. Isso é incoerente. Eu vou querer viver rápido porque sei que lá na frente a vida termina? Isso faz lá algum sentido… se a única coisa que tenho garantido é que o "lá na frente" pode nem chegar…
A vida não passa a correr não, olhem para trás, as crianças da família cresceram, já não são sequer as mesmas. O céu tem outra cor em pleno agosto.

A vida não são dois dias não!

Isso é a desculpa improvisada que nos damos a nós próprios de mão beijada, e de limpeza de consciência para quando queremos fazer algo que já sabemos que não é o certo. É como lavar as mãos depois de comer gelado do pote com os próprios dedos. Não é correto, e no fim limpamos os vestígios da preguiça ou da gulosice. A vida é igual. Não vale a pena apressar e ir atras do comodismo das palavras. A vida não são dois dias não, basta olhar para trás, quantos dias vês? 1?
Essa mania de tirar os pés do chão, cortar o folego e achar que o mundo não espera por nós é errada. Ele espera, e ela também, a vida.

A vida não são dois dias não!

Sempre a correr, e sempre com decisões a tomar. Sempre a pensar e num caminho de listas cortadas e organizadas depois de bem concluídas. Isso é para quê? O que é que é tão importante terminar? Não sejamos precipitados. À vidas na vida que levamos todos os dias. Principalmente a nossa.
 
--
 
Não tem de ser tudo num sopro. Irrefletido.

--

2 comentários:

  1. Concordo em parte.
    Para muitas pessoas, pensar assim é válido como desculpa.

    Para outra, talvez o meu caso, apesar de nem pensar assim sequer, é no sentido de que perdemos muito tempo a preocuparmo-nos, a chatear, a discutir.... E o amanhã é incerto.
    Eu interpreto essa frase dessa maneira.

    Mas compreendo onde queres chegar.

    Mas a culpa também é da própria tecnologia, para além de nossa.
    Andamos sempre a correr porque nos é exigido isso. E temos o nosso dia tão ocupado que mal sobra tempo para o que é realmente bom.

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Depende da perspectiva...
    Para certas coisas a vida são 2 dias, mesmo! Para outras, é uma afirmação descabida.

    ResponderEliminar

Valor extra de ordenado - Novamente

Tal como já sabem recebo praticamente, não é certo, todos os meses um extra no ordenado. Esse valor estava desde o inicio do ano destinado a...