domingo, 27 de maio de 2018

A saga continua

A propósito da publicação de 24 de Maio, tive de pegar na agenda, analisar e reprogramar a minha vida mensal toda.  E aproveitei o fim de semana para isso.
Não que de momento seja uma desvairada com o salário, mas preciso de ser mais prática, ainda mais.
Consegui colocar as minhas obrigações mensais em 38% do salário liquido. (as contas mesmo! obrigatórias).

O rendimento extra servirá como moleta neste trajecto. Ou seja, será usado para o cinema e coisas várias do dia-a-dia.

Decidi que não comprarei mais nenhum livro (só se precisar de algum técnico/trabalho). Tenho 8 livros por ler. E quase 100% de certeza que não os lerei todos até ao fim do ano.

O pote de fim do ordenado/restos será usado em algo que precise mesmo. E que me esteja provisoriamente a privar neste início de projecto.

Ampliar o NÃO à compra de roupa até ao final de Dezembro. Pelo menos para mim, já que os presentes que ofereço por norma são roupa.

O verão será o pior. É mesmo o que me preocupa aqui no meio disto tudo, porque todas as decisões anteriores foram fáceis de tomar, mas o verão… Há festas, passeios, churrascadas entre amigos, mais convívios. Não coloco a opção de me fechar em casa. Logo se vê o que me ocorre futuramente neste aspecto.

Estou a começar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Concluir Maio, resumo do mês

Conforme publicação anterior, tinha em poupança 2.500,00€. Com o inicio de Junho já entrou o novo ordenado em conta e assim pude ver quanto ...