segunda-feira, 8 de fevereiro de 2021

1.275,00 € em 50 dias?

Quem alinha?

Mas calma, como assim 1.275,00€ em 50 dias? Um mês e meio para conseguir por "de lado" dois salários mínimos nacionais?

Calma, 

Os 50 dias não são seguidos, mas a ideia é fixar um prazo, por exemplo 12 meses, ou 6 meses, ou 18 meses, conforme a realidade de cada um.

Então este desafio consiste em:

É necessário:

- Um mealheiro;

- Uma tabela numerada;

- Uma data para inicio e conclusão;

- Força de vontade;


A tabela será esta que vos apresento, podem ampliar, fazer vocês uma a gosto, ou irem simplesmente tomando nota dos valores que vão pondo no mealheiro; Eu prefiro usar a tabela numerada porque assim posso ir riscando os valores que vou guardando e tornar o desafio mais estimulante. Podem fazer à mão mesmo, para poupar papel, tinteiros e trabalho. 

O mealheiro convém ser daqueles que não tem fundo ou aberturas fáceis 😂 para não se cair em tentação

Data para inicio e fim - é importante que definam uma data para começar (por exemplo, amanhã 09/fev) e uma data para terminar, por exemplo 31/12/2022.
Assim terão 22 meses para cumprir o desafio e 50 dias de poupança.

Ao mealheiro vão colar a vossa tabela e especificar o dia em que estão a começar e o dia em que querem terminar o desafio, depois conforme forem tendo valores em carteira e disponibilidade de os poder "desviar" para o desafio é ir colocando no mealheiro e riscando os valores correspondentes.

Como eu vou fazer o desafio? 
Bom, quem me lê sabe que o meu objectivo principal deste ano é conseguir poupar 4.000,00€ até dezembro ou 350€/mês. Então este desafio fica complicado de cumprir agregado ao meu objectivo principal.
Mas a verdade é que não queria perder esta oportunidade de o fazer convosco, então a minha ideia será:

- Início: 08/fev/2021
- Final: 08/dez/2022

Quem é que alinha comigo?

P.s. não precisam gastar forçosamente dinheiro num mealheiro, podem usar um frasco de cozinha (feijão/grão) reutilizado, um pote de detergente, uma garrafa de água vazia, etc, etc. Importa é ter vontade.

A ideia é ir partilhando ao longo da jornada quanto tenho, e se por esses lados aderirem, podemos ir comentando os processos de cada um ☝

13 comentários:

  1. Desculpe mas percebo que a tabela será para os 50 dias de entradas(sejam eles quais forem) mas e os valores de cada entrega? Variam? São para anotar aonde? Sou mesmo burra não percebi isso, sorry....
    Filomena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Filomena, lapso meu, as vezes acho que todos percebem o que estou a pensar :| peço desde já desculpa,
      Sim, conforme respondeu a Teresa, a tabela dos 50 dias refere o valor de entrada, dia 1, 1 euro; dia 25, 25 euros.

      Não quer dizer necessariamente que vá fazer os dias seguidos, por exemplo, pode começar com 15 euros e decidir riscar o dia 10 e o dia 5.

      O facto de irmos riscando os dias, ajuda a fazer as contas ao que já temos :)

      Obrigada e beijinho

      Eliminar
  2. Penso que cada numero corresponde ao valor que deve ser colocado no mealheiro e ir riscando o mesmo.

    Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Teresa
      É isso mesmo. Obrigada pela explicação
      Filomena

      Eliminar
    2. Obrigada Teresa :) É isso mesmo! As vezes a cabeça funciona mais rápido que as mãos ahaha não me expliquei bem, obrigada pela ajuda :)

      beijinho :)

      Eliminar
  3. Adorava, mas acho que não consigo mesmo juntar ao que poupo, ainda mais uma poupança...
    Mas, preciso de ter noção de quanto consigo poupar em 1 ano, e se poupo realmente, e então no final deste ano tenho que fazer é contas. Porque sinto que realmente poupo, mas parece que a conta está sempre na mesma... :/

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia, se já existe uma poupança e já alocas para lá os teus esforços todos já está muito bem assim :) já estás à frente da maioria acredita.

      Sim, fazes bem ao final do ano controlares as tuas entradas na poupança e veres se realmente houve boas poupanças, ou então fazer isso ao trimestre. Olha eu já fiz ao trimestre e o entusiamo para o trimestre seguinte aumentava sempre.
      É sempre mais fácil de olhar, porque é um curto espaço de tempo - 3 meses, e é mais fácil ter uma real noção.

      Beijinho :)

      Eliminar
  4. Olá,
    Gostava de ter encontrado este e outros blogs do género quando era mais nova, teria ajudado imenso numa altura em que não pensamos muito no futuro, e desperdiçamos um bocado.
    Mais ao menos quando a minha filha entrou para o 7º ano, pensei daqui a 6 anos está a entrar na universidade e eu ainda vou estar a pagar o empréstimo da casa como é que vou fazer.
    Decidi tomar as rédeas das minhas finanças nessa altura, o que fiz foi o seguinte:
    Procurar na net blogs e artigos de poupança para aprender o máximo.
    Tentar guardar pelo menos o subsidio de férias, Natal e reembolso do IRS.
    Começar a apontar as receitas e despesas para verificar para onde ia o meu dinheiro.
    Já fiz este sistema de mealheiro 2 anos com bons resultados, como costumo ir muito ao continente e tenho 3 cartões vou verificando onde tenho melhores cupões e não gasto o saldo para guardar para o mês de Dezembro que por norma é um mês mais complicado.
    Além da poupança fixa mensal, tento alocar todos os meses um valor para as férias e assim não necessitar de mexer nos subsídios.
    E um ano antes da minha filha entrar para a universidade fiz um mealheiro com esse propósito para lhe comprar algumas coisas que ira necessitar, consegui juntar um bom valor que facilitou.
    Com a entrada dela na universidade, optou por ficar na residência porque é mais barato, felizmente conseguiu bolsa e assim a ida dela para a universidade ficou muito mais em conta.
    Com o dinheiro que pensava que ia gastar mensalmente com ela, estou a por de lado para no final da universidade ela tenha um pé de meia para começar a vida.

    Isto foi o que resultou comigo, desculpem o testamento.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uau Teresa! Parabéns e obrigada pela partilha, é a prova de com dedicação e vontade se consegue mesmo.

      Foi bonito esse seu esforço e mudança de habitos pelo futuro da filha e noto, que mesmo depois disso os habitos ficaram, já que diz que mesmo ela tendo apoios de residência e bolsa continua com o mesmo foco, poupar. Parabéns mesmo, acho que se trata disso mesmo, ganhar habitos e depois vivemos com eles naturalmente, para nós já faz parte do dia-a-dia.

      Indicou-nos algumas boas dicas de poupança, obrigada por isso!

      Beijinho

      Eliminar
    2. Engraçado que é mais ou menos como eu faço...desde que comecei a trabalhar há 21 anos sempre colocava +/- 10% do ordenado de parte logo no inicio do mês, por isso sempre vivi abaixo do que realmente recebia, no final do mês colocava mais algum na poupança. Esta gestão toda permitiu-me estar por 3 vezes, durante cerca de 3 meses sem trabalhar e não se notar... Estou desempregada há quase 3 anos e toda a alimentação/vestuário que compro para todos aqui em casa, continuo a ser eu a pagar. Desta vez recebi Sub. de desemprego, que já acabou há 8 meses, recebi mais alguns € de formações online que fui tirando e consegui com uma excelente gestão financeira não mexer nas poupanças que tinha acumulado. Estou a aguardar resposta de dois sítios e a esperança é alta de ficar num deles... por isso estou a fazer figas e a planear como/quanto irei voltar a poupar mensalmente...

      Eliminar
    3. Uau Marisa, que exemplos excelentes!! É isso que gosto tanto de ler, ver que realmente uma boa gestão e consciência dos limites em gastar quando se é necessário "parar" nos ajudam a fazer face a isso.

      Obrigada pela partilha :)

      Eliminar
  5. Entrei neste desafio e gostaria de dar uma dica se permites: pode-se ir abatendo os valores maiores, depois de ter guardado os valores pequeninos. P.ex: "pagar" os valores que possam ser pagos com moedas, 52€, colocar logo a moeda de 2€ faltando os 50€ e assim sucessivamente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ana,
      Boa! Fico feliz que tenha entrado no desafio, exactamente isso mesmo, belo conselho, eu por exemplo comecei por colocar 53€, risquei o dia 50 e o dia 3 :)

      Beijinho, e vá partilhando como está a correr :D

      Eliminar

Concluir Maio, resumo do mês

Conforme publicação anterior, tinha em poupança 2.500,00€. Com o inicio de Junho já entrou o novo ordenado em conta e assim pude ver quanto ...