quarta-feira, 17 de julho de 2019

RAIZE

Já escrevi sobre a Raize algumas vezes aqui no blog. Plataforma de empréstimo de dinheiro a empresas por parte de financiadores comuns. Eu sou uma dessas financiadora.
 
Ganha-se dinheiro é certo, mas com um risco tremendo. Decidi fazer a análise de reembolso aos 6 meses de uso da plataforma, que será em Agosto. Mas hoje ao atualizar a minha folha excel nestes investimentos, olhei para a coluna que nomeei de " % ganho juros", que não passa nada mais nada menos do valor de juros líquidos obtidos por empréstimo/valor investido.
 
 
 
Tenho empréstimos a serem pagos desde Abril, outros que só começaram a ser pagos hoje (o caso do empréstimo 8), e foi nesse que prendi a minha atenção. Comprei este empréstimo o mês passado, estava em cessão. No primeiro pagamento mensal atinge os 0,4% de juro liquido sobre o valor que investi, se é pouco? - podia ser melhor. No entanto, a minha poupança, aquela que tem os milhares de euros, rende 0,125% AO ANO. Falamos de produtos diferentes é claro.
 
Nesta tabela estão dados omitidos, porque a minha análise mensal é com nota de tudo o que entra, quer em retorno de capital, quer em juros, e passa pela seguinte tabela:
 
 
A minha ideia era ter 10 empréstimos aos 6 meses de utilização da plataforma, tenho 8 e não creio que vá adquirir mais algum, a não ser que surja algo em seção que o dinheiro que tenha disponível dê para comprar e seja á partida uma boa compra (risco e juro aceitáveis).
 
Até ao momento estes 8 empréstimos estão em ordem, todos pagos logo pela manhã dos dias acordados para pagamento.
 
A Raize, por mim, é para continuar a fazer parte das minhas apostas. A experiência tem sido positiva.
 
Nota: Não aconselho ninguém a investir na Raize, o risco de perda de capital investido é elevado, partilho apenas a minha opinião.
 
Nota 2: Ontem durante 1h deixei online uma das histórias da minha vida, entraram 27 pessoas nessa hora no blog, provavelmente leram. 4 vidas descritas em palavras, uma já partiu. Reverti a publicação para rascunho, e assim vai ficar. Quem lê-o e está indeciso em alguma coisa, avance. Quem lê-o e tem alguém doente, acompanhe e ame. Quem lê-o e se arrepende de algumas decisões do passado, deixei-o lá e encare o que vier. Quem não lê-o, não faz mal, faça tudo de igual modo. 

segunda-feira, 15 de julho de 2019

JULHO, S2


- S2 -
08/07/2019 a 14/07/2019


- Alimentação: 21,90€
- Café: 3,00€ *
- Consulta de urgência: 4,50€
- Manutenção auto: 19,50€
- Insp. Periódica Obrigatória_auto: 31,43€
- IUC: 18,36€

Gasto: 98,69€
NOTA(s): - Só com o carro gastei 69,29€, por mim tudo bem, até porque passou na inspeção periódica o que à partida me confirma que está aptíssimo para se fazer à estrada. Não, não poupo um x mensal para fazer face a estas despesas (IUC/IPO), saí do mês e ponto. (Não sou apanhada de surpresa 😅)
                   - Num mês normal teria feito a poupança na segunda semana (esta), mas como ia à inspeção no sábado, quis primeiro ter a certeza de que estava tudo bem e não ia precisar de ir à mecânica.
                   - De resto? Menos uma semana no calendário. Muito calor na quinta-feira. Trabalho. E ameixas no pomar.

* foi uma semana atípica de trabalho, tive mesmo de em algumas circunstâncias ingerir café para me adaptar às situações.

quinta-feira, 11 de julho de 2019

Aquilo que ERA, mas já não é.

Lembram-se do dia 27 de Novembro de 2018?
 
Tinha sido o dia mais feliz da minha família no ano de 2018.
 
Pela luta que significou, pelas batalhas que foram sendo travadas, dia-após-dia. Pela equipa fantástica de pesquisa e desenvolvimento. Pela família como chão e espelho em todas as decisões e em cada milímetro do processo.
 
Pela confiança que se deposita, pelo amor que se gera dentro do grupinho restrito de pessoas que sabem desta batalha. Pelas dores causadas, principalmente as da alma que doem, doem e não há quem as possa amenizar nunca, e que se tinham vencido.
 
Pelo amor e a alegria que se gerou depois deste dia, pela certeza que a sorte mudava. Pela nostalgia e a pressa de viver a vitória e o que viria depois. Fomos ainda mais família. Seguimos seguros de que chegados a este momento MERECÍAMOS. Bastava de falhas e de negativos.
 
A 27 de Novembro - Soubemos que íamos ser um elemento a mais. A 2ª Fertilização in vitro tinha dado certo e a minha irmã estava grávida.
 
A 28 de Dezembro - Um mês e um dia depois, soubemos que o bebe estava perdido, naquela que ainda não tinha sido a nossa vitória.
 
Julho seria o mês dele/a. É impossível escrever sobre isto sem chorar. A família queria esta criança, a mãe viveu os últimos anos da sua vida a querer esta dádiva, passou por 3 processos de retirada de óvulos e fertilização em laboratório, era a 2ª inseminação dela, 4 semanas depois soube que tinha dado certo, estava grávida e o sonho estava ali tão perto (e melhor, dentro dela). Às 8 semanas o bebe parou de desenvolver e a família chorou como se todos tivéssemos sentido as dores físicas que ela sentiu. Isto não se explica.
 
Para quem está na luta, não desistam, nós também não! Ainda estamos crentes, que da próxima vez é a certeira, o/a bebe vem!
 
Infertilidade dói! E não é só na própria pessoa. É em todos, mas quando for para vencer, a explosão de felicidade ver-se-á no rosto de cada um!
 
Quanto à minha irmã? Está na luta, aguardamos o próximo tratamento. Desistir? Não é nem nunca será opção. Ela tem o coração do tamanho do mundo, e lá na frente, não sei ainda bem onde, ser-lhe-á permitido educar uma criança com os mesmos valores que ela transporta.
 
Julho seria o mês dele/a. ❤

terça-feira, 9 de julho de 2019

JULHO, S1

 
- S1 -
01/07/2019 a 07/07/2019 

- Vasos para flores naturais: 7,45€
- Matilde, uma bebé especial: 20,00€
- Mealheiro de moedas de 2€: 12,00€
- Poupança: 79,40€ *
- Gás: 26,10€
- Mano: 30,00€
- Seguro: 17,80€
- Combustível: 50,00€
- Alimentação: 22,16€
- Farmácia: 55,90€

Gasto: 320,81 €


NOTA(s): - A farmácia engloba medicação da minha mãe.
                 - Para uma primeira semana do mês num global parece-me muito dinheiro gasto, mas 91,40€ são já poupança (79,40+12).
                  - O combustível dará até à 3ª semana do mês, inclusive.
                  - O seguro que ali surge no valor de 17,80€, fi-lo em 2017, como complementar para tornar o seguro auto mais barato. Em Dezembro de 2018 reformulei nova apólice de seguro auto e esqueci-me completamente que, este que aqui menciono, deixava de ter influência no auto. Paguei e já podia ter posto termo 😢.

* (não será a poupança do mês, foi apenas para acertar num valor redondo a conta poupança)

terça-feira, 2 de julho de 2019

Análise Financeira - 2º Trimestre de 2019


ABRIL a JUNHO de 2019
 
 
💃 💰💰💰 💃
 
 
Ao mesmo jeito que a análise financeira do 1.º Trimestre, surge agora a análise ao 2.º Trimestre. Não esquecendo, que esta análise é em comparação ao mesmo período em 2018, abril a junho. 2.º Trimestre de ambos os anos.
 
  • CONTA POUPANÇA
Deixo novamente uma análise breve entre 2017 e 2019, a azul o valor poupado no ano, a verde o global acumulado.

A conta foi registada em Julho de 2017, motivo pelo qual não faço distensão entre o que poupei ao longo do ano, com o acumulado. Valor igual.

Falando em valores, novamente tanto quanto posso, neste 2º trimestre entrou em conta - 277,43€ quando comparado ao mesmo período de 2018. Maio correu bem, mas o trimestre tem mais 2 meses. Derrapei um pouco, e como aqui se tratam valores reais, aqui estão em prova, praticamente menos 300€ em poupança. Não que tenha perdido o foco ou a atenção nas minhas finanças pessoais, mas pronto, vou fazer o quê (?) eu sei exatamente onde foi gasto o meu dinheiro, dai a importância de anotar consumos/gastos, senão andaria a bater com a cabeça nas paredes agora a procurar estes euros de diferença.
  
Sigo um pouco desmotivada, mas sigo!

  • MEALHEIRO DE MOEDAS DE 2€
No segundo trimestre de 2018 consegui reter 90€ em moedas de dois. Este ano, retive 58€. -32,00€.
NÃO ESTÁ FÁCIL.
Já no 1.º Trimestre fiquei abaixo do alcançado em 2018!
 
  • PART-TIME(s)
Part-time 1: 290,00€

Part-time 2_Explicações: 64,00€ (este € é gasto em algo muito especifico, farei post individual).
De notar que, as explicações terminaram na primeira semana de Junho (férias letivas a iniciar) e em Abril estive 2 semanas sem dar explicação.

Total de: 354,00€, melhor que o primeiro trimestre de 2019.
 
  • COMPARAÇÃO DE GASTOS
Relembro, valores gastos em comparação ao 2.º trimestre de 2018:

- Combustível: +13,70€
- Farmácia: -72,76€ (Eu uso farmácia em cosméticos, ando a agilizar e a tenthar usar os produtos de modo mais controlado. Notasse mesmo muito na carteira).
- Telemóvel: -45,00€ (já expliquei o meu reajuste no tarifário).
- Cinema: +4,00€

  • GASTOS NÃO HABITUAIS
- 9,99€ Calças de fato de treino
- 60,0€ Calças de ganga
- 9,50€ Serviço de costureira
- 3,00€ Festa de encerramento de escola secundária
- 75,0€ Batizado (ofereço sempre dinheiro em batizados/casamentos)
- 8,00€ Cabeleireiro
- 46,75€ roupa interior
- 10,50€ livraria (últimos comprados em Abril)
- 2,50€ Brincos

Total -225,24€

  • OUTROS ENCARGOS
- Operadora de tv/telf/telm/net: 170,73€
- Gás: 52,20€
- Alimentação: Não quantifico (por enquanto, mas posso começar a fazê-lo), gasto do cartão de refeição.

segunda-feira, 1 de julho de 2019

Matilde, chama-se Matilde.

É impossível ainda não se ter ouvido falar na pequena Matilde.
 
Encontram aqui um pouco da sua história. Tem 2 meses e um diagnostico que ninguém gostaria de segurar nos braços. Tem atrofia muscular espinhal. Vai ter dificuldade em respirar, em movimentar-se e n complicações. Vai se o nosso povo não ajudar. Os pais pediram ajuda através das redes sociais e da rede nacional de tv (TVI).
Trouxeram um medico especialista para que questões mais técnicas fossem respondidas. A ciência precisa de falar nestes casos.
 
Portugal tem um medicamento que retarda a evolução da doença, mas  a América tem a cura a troco de 2 milhões de euros. Este medicamento é como se fosse o gene "bom" a atuar pelo "gene" mau da Matilde.
 
Vi a noticia naqueles feriados e pausa que tive entre 20 e 24 de Junho, não sei precisar o dia. Na tvi, pela manhã. Não sou mãe. Fiquei logo ali, sem reação ao ver a menina, os pais, uma Maria Cerqueira Gomes a chorar (apresentadora, com a probabilidade de se poder estar a comparar - tem um bebe pequenino) e pensei em voz alta para a minha mãe, "Nós somos Portugal, eles vão ter o dinheiro".
 
Transferi 20,00€. Não é o suficiente, mas transferi por mais 19 pessoas alem de mim. Porque no fundo só são precisos 1€ por pessoa residente em Portugal, e alem da Matilde salvaríamos uma mão cheia de criancinhas.
 
Não vou falar do estado (que tem obrigação com os meus impostos de ajudar nestes extremos), mas queria falar-te a ti, que me lês. Um euro fará a diferença na vida da pequena Matilde, dar-lhe-á a oportunidade de quando crescida se vir queixar do tempo como nós fazemos praticamente todos os dias (Irónico, NÃO É?).
 
(Página oficial com todas as informações, incluindo o NIB em nome da pequena guerreira)

1€ e ajuda a Matilde. Chama-se Matilde e está a precisar de um nome maior que ela, Portugal.

RAIZE

Já escrevi sobre a Raize  algumas vezes aqui no blog. Plataforma de empréstimo de dinheiro a empresas por parte de financiadores comuns. E...