quinta-feira, 26 de abril de 2018

O bom tempo e os gastos que daí advêm.

Começa o tempo primaveril, primeiros dias quentes (e bem quentes) do ano. Já se nota maior empatia das pessoas. :)
Pela manhã já apetece abrir a janela, acompanhar o canto dos pássaros, parece que a rotina fica mais fácil de suportar.
Eu gosto das épocas de transição, daqueles dias mais calmos entre transição de estações, e a transição do inverno para a primavera é a minha preferida (apesar das alergias).
 
Há contras, pois claro. Quem me acompanha sabe que recentemente conheci o gosto de poupar. Em 2017 consegui o objetivo dos 1.000 e para 2018 pensei no dobro referi aqui, isso mesmo.
 
No entanto, no 1º trimestre de 2018 já consegui metade desse valor., o que significa que tenho 9 meses para conseguir a outra metade. Não me assusto. Assumi disciplina e sei que há sempre uma % a colocar em poupança e a não mexer. Veremos. Mas estão a chegar  os dias em que se fica até mais tarde na rua, em que se fazem lanches com amigos em esplanada só porque sim, saídas em passeios, almoços e jantares mais leves. Tenho ideia de em anos anteriores gastar mais dinheiro nesta altura do ano (só acalma lá para outubro).
 
Tenho de pensar estratégias, que me permitam continuar a ter bons níveis de poupança, tendo no entanto espaço de manobra para estes momentos, que com tempo chuvoso e frio não acontecem tão regularmente (ou não, na rua, mas mais por casa).

6 comentários:

  1. Ui... e os geladitos!!
    A minha desgraça são os gelados!! :-D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ui é verdade, os geladinhos :)
      sempre uma tentação e muitos deles a preços que enfim ... :(

      Eliminar
  2. Quem me dera juntar tanto, mas agora com a casa...
    Mas sim, andas tão cuidadosa, consegues conciliar tudo de certeza.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ter uma habitação é ter um poço de deposito monetário. Carece de muito investimento. Mas será bom de momento colocares tudo como gostas :)

      Eliminar
  3. Boa sorte ! com certeza conseguiras arranjar ai uma manobra qualquer.
    Cuidado com os geladinhos,
    Bjs, Marta

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. heheh, pois, ter cuidadinho com os gelados é importante, para a saúde e para a carteira.

      Eliminar

Da vida (atualização)

Bom, por onde começar? Isto hoje é capaz de ficar tudo baralhado, já não vos escrevo à muito tempo (2meses praticamente) e vou dar-vos as úl...