segunda-feira, 22 de fevereiro de 2021

Desafio

Do desafio que lancei, podem ler AQUI. Que consiste em poupar 1.275,00€ em 50 dias, venho já partilhar convosco o meu inicio.
Fiz a minha tabela à mão e colori para ser mais "bonita" visualmente e colei num pote de vidro disponível lá de casa.

Comecei com 53€. É um valor extra de ordenado (praticamente todos os meses recebo, mas não é certo, é com este valor que tenciono cumprir este desafio, apesar de claro, haver meses em que não irei receber este extra, tendo de arranjar outras soluções...)
Agora dizem "mas eu não tenho extra nenhum", tudo bem, tentem fazer com o próprio ordenado, ao invés de fazerem até dezembro de 2022, façam até Junho de 2023. Importa é fazer 😉

Risquei o dia 50 e o dia 3 (total 53), assim sendo o dia mais difícil (dia 50) já está feito 💪. Podem começar por exemplo com 15€ e riscar o dia 10 e o dia 5, ou o dia 4,5,6... É convosco, a ideia é brincar com a tabela e ir vendo o mealheiro ganhar valor.

Se imaginemos, a meio do ano precisarem de ir ao mealheiro tirar para uma urgência (medicina, farmácia, pneu do carro que estourou, etc), vão, não se censurem, a ideia é fazer uma "poupança" que se torne útil para vós.

Deixo-vos aqui o meu mealheiro do desafio 👇





Há alguém a pensar aderir/fazer?

17 comentários:

  1. Só não faço pela instabilidade, mas vou tentar juntar na conta. Como nem saio de casa, não levanto dinheiro, nada.
    Mas adorei mesmo a ideia e ficou bem giro! =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo perfeitamente :)

      A ideia também é poupar, se o fazes na conta já está muito bem :)

      Beijinho

      Eliminar
  2. Já fiz o meu. Final Dez/2022. Ainda só tenho 11€ porque estou sem trabalho devido ao confinamento mas até Dez/22 conto completar. O confinamento não será eterno.....penso eu! Bjs e força para todos
    Filomena

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Filomena! Boa está com o mesmo tempo para terminar que eu. Exactamente, o confinamento não durará eternamente, hoje já temos uma melhoria significativa no numero de casos, espero que até ao verão se retome a vida "normal", ou lá perto pelo menos.

      11€ é um excelente começo, vamos, vai dar certo! :D

      Beijinho

      Eliminar
  3. Por aqui também vou aderir!
    Coloquei uma meta um bocado mais alta (Julho de 2024) mas conto conseguir acabar antes.
    No fim do mês já tento colocar em prática!
    Embora esteja em casa, continuo a ter os mesmos gastos. Sou uma pessoa já de natureza muito forreta, mas tive a esterelização/castração + chip de dois gatos, o que mexeu um pouquinho.
    Vai dar certo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Inês, que bom! O importante é ter a meta definida e ir fazendo por cumprir, terminar antes é um grande estimulo :)!

      Vá partilhando :D

      Pois, esses gastos fora da nossa zona de conforto por vezes abalam um pouco as contas, mas importa que foi um bem maior :)

      Beijinho

      Eliminar
  4. Serei eu a única pessoa com imensa dificuldade em poupar? Para além das poupanças fixas que faço todos os meses, e são várias, para contas poupança, para presentes de natal, para a conta da minha filha, depois o que sobra, vou gastando tudo. Não consigo evitar uma pechincha, mas depois são tantas que acabo por gastar imenso dinheiro. Poupo cerca de 10% do rendimento mensal da minha família mas acho sempre que podia fazer muito melhor... tenho um mealheiro para as moedas de 2 euros e o outro para trocos, mas quase não saio de casa portanto nem tenho moedas para lhe ir pondo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Inês, pelo que descreve já faz várias poupanças mensais, o que por si só já é muito bom.
      Quanto às pechinchas, já experimentou por exemplo, apontar tudo o que gosta e encontra barato e depois fazer uma escolha "este mês isto fica de fora" e comprar o resto, por exemplo. Pode ajudar a fazer uma seleção :)

      Beijinho

      Eliminar
    2. O problema é que tenho sempre a sensação de urgência, do tipo, se não comprar agora, a promoção acaba e já não posso aproveitar.
      Por exemplo, roupa para a minha filha, nunca compro a preço normal. Compro nos saldos deste ano, roupa maior para o ano que vem. A questão é que vou comprando aos poucos, e juntando em caixas. Quando vou a juntar tudo, ela tem coisas demais. Acabo a tentar vender roupa ainda com etiqueta, e a doar outras tantas peças. Tudo porque está barato, e é difícil resistir...

      Eliminar
    3. Compreendo Inês, mas já pensou em fazer um inventário? Já que compra de ano para ano, ir anotando quantas calças, camisolas, etc já comprou, e quantos conjuntos de roupa já é possível fazer conforme as estações, quando chegar ao número estabelecido por si como suficiente, parar as compras.
      Acha que ajudaria?

      Beijinho

      Eliminar
    4. Tentar já tentei mas confesso que a meio perco a motivação, porque depois tentei anotar também cores e assim, para ver se evitava ficar com 12 t-shirts das quais 10 são cor de rosa, por exemplo. Rapidamente se tornou um caos, e desisti.
      Mas não é só neste aspecto, tenho por exemplo sempre a dedpensa cheia por causa disto. Não resisto a uma boa promoção, seja do que for. E mesmo registando as despesas todas e concluindo mês após mês que gastei demais em certas coisas, continuo a fazer sempre o mesmo!

      Eliminar
    5. Não se reprenda nem tente mudar tudo de uma vez, vá aos poucos, comece pela alimentação por ex, ou pela roupa se acha mais fácil, vá cortando pouco a pouco, se tentar eliminar tudo de uma vez vai sentir-se frustrada.

      Eu começaria pela alimentação, se tem a despensa cheia, use tudo o que tem até acabar, de momento, e só depois faça novamente compras... Aos poucos consegue :)

      Eliminar
    6. É difícil e eu já identifiquei uma possível causa. Eu trabalho em casa, tenho a minha filha comigo a tempo inteiro e por isso passo semanas inteiras sem sair. Quando me aborreço muito ou me quero distrair, faço umas compras. E é difícil libertar-me disso. Compro presentes de Natal adiantados, roupa, coisas para a casa, para os animais, etc. A verdade é que quase todos os dias chega alguma coisa cá a casa. E queria mudar mas não está mesmo fácil. Desculpe estes desabafos...

      Eliminar
  5. Só não faço este desafio, pois já tenho a minha estratégia delineada.

    Todos os meses já temos transferências directas das fatias definidas para cada poupança, e o valor que sobrar do orçamento vai direitinho para a amortização de crédito habitação.

    Boas iniciativas em prol da poupança! E o que é certo é que este tipo de desafios e partilha de experiências, incentivam e motivam bastante! Parabéns :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa, se já há uma estratégia e funciona é continuar :)!

      Verdade, foi por ver este tipo de desafios que comecei a gostar do tema e a poupar mais.

      Beijinho

      Eliminar
  6. Eu concordo com o que disse a Cláudia.
    Mas faz sentido. :)
    -
    Coisas de uma Vida
    -
    Beijo e uma excelente semana.

    ResponderEliminar

Da vida (atualização)

Bom, por onde começar? Isto hoje é capaz de ficar tudo baralhado, já não vos escrevo à muito tempo (2meses praticamente) e vou dar-vos as úl...