quinta-feira, 4 de fevereiro de 2021

De grão a grão

... enche a galinha o papo.

Sempre o ouvi dizer e sempre assim será.

Esta semana fiz umas compras para um familiar com o cartão refeição, um total de 20€ e deram-me o dinheiro em numerário. 

Como nunca gasto o valor total do cartão refeição, não vi inconveniente de estar a gastar deste cartão, não me fará falta, sendo que me deram depois esse valor em dinheiro "vivo", peguei na nota e guardei, foi uma "entrada não esperada", ainda que, obvio gastei este dinheiro, mas se não me faz falta no cartão, não deixa de ser entrada em "dinheiro vivo"; Guardadíssimo para depositar na poupança!

Vou transferir com o valor de poupança mensal, é só deixar entrar o ordenado na conta.

Assim sendo e resumindo a história, mais 20€ para a poupança, de grão a grão...

6 comentários:

  1. Eu tenho pena de não ter cartão, neste momento dava jeito, pois assim acho que controlo melhor os gastos com as compras da casa.
    Mas quando vivia com os meus pais, queria era o dinheiro na conta :P

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá mesmo jeito, porque acaba por se controlar melhor nas compras. eu p.e. para o meu dia a dia faço gestão do ordenado em dinheiro apenas, a alimentação é mesmo só com esse cartão... acaba por me facilitar.

      Beijinho

      Eliminar
  2. Eu faço isso com os meus pais, mas não peço o dinheiro no final da compra.
    Chegou a hora de os ajudar a eles!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Isabel :)
      Exacto, eu tambem sou assim, para casa compro e não peço o dinheiro, mas neste caso é um familiar/vizinho. A compra foi num total de 27,32€, e mesmo me querendo dar 30,00€ pelo trabalho/transporte e tudo só aceitei mesmo os 20, e foi para não ficar chateado.

      É mesmo assim, temos de ser uns para os outros.
      Beijinho

      Eliminar
  3. Também fazia isso quando tinha cartão refeição, como não gastava a totalidade, de vez em quando fazia as compras para os meus pais e depois a minha mãe reembolsava-me...por muito que eu diga que não ela paga-me sempre ao cêntimo e diz logo "já é bom teres ido por mim, não gastei combustível, não me cansei, nem tive de andar às compras cheia de medo do vírus"...

    ResponderEliminar

Da vida (atualização)

Bom, por onde começar? Isto hoje é capaz de ficar tudo baralhado, já não vos escrevo à muito tempo (2meses praticamente) e vou dar-vos as úl...