quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Sobre o Meu Natal

Uma mesa cheia.
Fica sempre, desde o dia 24 até dia 2, 3, 4, de Janeiro.
Nunca se descompõe na totalidade, fica completa com pratinhos de comida de todas as variedades, com garrafas de bebida, chocolates, fruta…
 
Natal em minha casa é isso, essencialmente, a mesa posta. Pessoas e pessoinhas em redor, "posso comer o que eu quiser?". Podes sobrinha, podes.
 
Este natal dedicámo-nos a ocupar o tempo com os mais novos, uma manta em redor da lareira, todos sentados e algumas vezes já deitados, a jogar "n" jogos infantis. Que, confesse-se, todos gostamos.
O riso alto, as reclamações de batota e o choro da mais nova que detesta perder. O sofá que embalava quem dormia.
 
Na hora de abrir os presentes, o meu irmão colocou todos no alpendre de entrada, antes preparei um copo de leite com 2 bolos e coloquei na soleira da porta com a ajuda da minha sobrinha. Depois de concertados os sacos o meu irmão entrou com o prato e copos vazios.
Eu fiz a festa sozinha, cantei de alegria por termos dado o que comer ao Pai Natal e ao menino Jesus que assim seguiram caminho com o estomago composto. A sobrinha olhava para mim, meio perdida (????).
Mano - Mas olhem que alguém deixou alguma coisa à porta.
 
A minha sobrinha empurrava-me o rabo para que eu fosse à frente dela. Quando abri a porta, comecei a olhar para o céu, acenei o adeus e agradeci pelas ofertas, a minha sobrinha levantou de igual modo o braço e acenou, e acenou, e acenou…
É encantador, que acredite. Que viva esta magia como nenhum outro em casa. Que seja feliz nestas pequeninas coisinhas.
 
Natal são eles.
Diz que adorou tudo. Questionava se também tinha gostado, ontem, minutos antes de adormecer. Disse-lhe que sim. Que tinha adorado tudo e que ficava feliz de também ela ter tido tudo quanto o que escreveu na carta ao pai natal.
 
Ela ainda não sabe que com os anos o natal traz recordações infelizes e lugares vazios. Mesmo que a mesa pareça realmente posta para todos. Mas é por ela, que temos reinventado o natal. E acho sempre que vale a pena.
 
É uma época de consumos? é. Mas tem uma magia incrível. E eu gosto disso.
 
Espero que o natal tenha sido agradável também por vossas casas. Que o afeto bonito que se partilha nesta época, permaneça ao longo no ano inteiro :)
 
Em casa? tenho uma mesa à minha espera e uma família com histórias para contar ao final do dia.
 
 

4 comentários:

  1. Muito obrigada pelo simpático comentário que deixou no Cem Manias. E foi assim que descobri o seu blog e devo dizer que gostei de a ler...Apreciei as suas análises para 2019!! Vou
    acompanhar... Um bom ano para si. 😄

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas suas palavras Manuela, e pelo que partilha no seu cantinho :) saio de lá sempre inspirada.
      Um bom ano também para si e toda a família :)

      Eliminar
  2. Que delícia de texto =)
    Eu, pela descrição, mais parecia que estava convosco =)

    O Natal por aqui também foi muito bom =)
    Para mim Natal também é mesa cheia de comida. A dedicação a fazê-la. Prendas, risos, muitos risos =)

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Cláudia :)
      Ainda bem que por ai também foi agradável. É mesmo isso, comida e barulho, o melhor que levamos destes dias em família/amigos.

      Eliminar

Da vida (atualização)

Bom, por onde começar? Isto hoje é capaz de ficar tudo baralhado, já não vos escrevo à muito tempo (2meses praticamente) e vou dar-vos as úl...