terça-feira, 12 de maio de 2020

12 de Maio de 2020

Ando tão atordoada com o tempo, juro!, os dias passam tão rápido, há tanto o que fazer, que parece que tudo me foge das mãos.

Tenho dormido pouco, mas quando desperto sinto que o que dormi chegou. Nunca fui assim. Tenho tido predisposição para conversar. Tenho riscado alguns planos e escrito outros.

Estamos praticamente a meio do mês de Maio e parece que o ano vai passar depressa, pelo que vi até aqui.

Estou farta da situação actual e à qual todos estamos sujeitos. É duro, e nem quero pensar em quem vive dentro das cidades, confinado a 4 paredes exteriores. Eu tenho trabalhado sempre, tenho campo em redor e faço a vida minimamente normal, fora as saídas de convívio e o telefone do trabalho que não toca tanto. Mas estou farta, de farta, de fartissima. 

Começo a ler um livro mas depois pouso-o.
Estou acordada até às 2h da manhã.
Trabalho na rua, sujo as mãos e apanho chuva.
Como menos ao almoço.
Passei a ver o café e o kiwi como fonte de vitamina diária.
Tenho amigos que me esperam sempre com uma capacidade louca de atenuar tudo.
Tento aligeirar as manhãs.
Falho todos os dias em alguma coisa, e são vários os que falho comigo.
Tenho o meu quarto tão quieto que parece que não vivo nele.
Vejo flores a florir todos os dias.
Tenho oportunidades de sonho nas mãos.
Ponho os pés no chão com a certeza de que "é o dia".
Estou inquieta.

Não é mau, nem bom. É o que é, vale o que vale. Ou tudo junto.

Estou farta desta fase, destes dias, deste mundo actual.
O sofrimento dos outros atordoa-me, e a tv, se não mostra os milhares de mortos recentes no mundo, mostra-me um pai que se achou no direito de retirar a vida à sua primogénita, ou um estado que injecta milhões camuflados num banco assente em alicerces de uma instituição falida.
Alguém me pode acordar?

3 comentários:

  1. Senti um misto com este texto...
    Se comecei a ficar preocupada, mas depois contente e preocupada de novo.... Fiquei com aquela ansiedade de "Ok, ela tem uma boa oportunidade em mãos, tão bom", "mudanças", etc...
    Mas depois esmoreces.

    Em relação ao último paragrafo, o pai que fez aquilo à miúda e supostamente ela esteve ali horas em sofrimento... Não percebo mesmo. Faz-me imensa confusão.
    Do Novo Banco, é outra coisa que não percebo. Só li que aumentaram os ordenados dos gestores. Isto irrita-me meu Deus... tanto!

    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Boa tarde:- Há dois meses que só saio de casa duas ou três horas por semana para ir às compras ao hipermercado. Custa estar Tenho lido como nunca li. Tenho visto TV como nunca vi. Tenho descansado como nunca descansei. Enfim...

    fechado mas respeito a minha saúde e a saúde dos outros. Acredito que tudo vai ficar bem.
    .
    Tenha uma terça-feira feliz
    Cuide-se

    ResponderEliminar
  3. Só tenho saído para ir às compras e fui 4 vezes nestes setenta e muitos dias, de cada vez que vou admito que sinto medo, por mim, pelos meus pois nunca se sabe se o que tocamos está contaminado e se contaminaremos alguém apesar de não apresentarmos sintomas… é uma vida "lixada" a do ano 2020.

    ResponderEliminar

Concluir Maio, resumo do mês

Conforme publicação anterior, tinha em poupança 2.500,00€. Com o inicio de Junho já entrou o novo ordenado em conta e assim pude ver quanto ...