sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Análise Financeira - Fevereiro/2020

No inicio de Fevereiro a meta do mês era de 398,51€, isto depois de bater e ultrapassar a meta de Janeiro. E agora? Foi um bom mês, ou não foi?

Fevereiro, Fevereiro...

1.ª Meta do ano, 5.000,00€ em Dezembro/2020, em falta 4.201,56€

Em Fevereiro poupei 182€, onde:
- 114,00€ ordenado (inclui 30€ em moedas de 2€)
- 55,00 part-time 😏 >> Não está óptimo, mas foi o que se conseguiu.
- 13,00 part-time 2 (o tal temporário - e terminou de vez, não consegui os 60,00€, fiquei em 55,60€)

2.ª Meta do Cartão de Refeição, 600,00€ em Dezembro/2020

Para já está em stand by, estou com 4 euros e pouco em conta, não sei se vou avançar com esta ideia de acumulação. Não está a resultar. Não é algo que me preocupe ou me frustre de imediato. (Vão perceber aqui abaixo, nos gastos familiares). É algo que tenho de rever com calma.

Compras/gastos pessoais:
Formação profissional: 129,00€
Farmácia: 29,08€ (gel para tratamento de frieiras + gel limpeza facial)
Aniversário brother: 25,59€
Cinema: 6,00€
Mãe: dei 250,00€

Gastos familiares:
Alimentação: 166,07€
(fiquei com a conta da alimentação de casa a meu cargo este mês. Decidimos começar a rodar, as contas e as obrigações). Valor gasto do cartão de refeições. Entretanto foram feitos mais um ou outro gasto, mas foi em fruta e produtos de higiene, não contabilizei. O valor mencionado, foi o gasto das compras "grandes" do mês.

Notas finais:
Ao contraio de Janeiro, em Fevereiro só em gastos pessoais foram-se 439,67€. É claro que grande parte não foi fútil, foi formação e valor para a minha mãe, mas é evidente que faz mossa no mês e na poupança.


Implicações da Análise ao mês:
Então, feita a análise que todos vimos, o que é que sobra deste resultado todo?
Pouca energia para Março. Ora vejamos, só em Janeiro poupei 616,44€, mais que o salário mínimo depois de feitos os respectivos descontos à SS. Consegui que o meu esforço de poupança mensal diminui-se de 416,67€/mês (5000€/12 meses) para 398,50€/mês, e chega Fevereiro e estraga tudo, com uma poupança de 182€, empurrando o esforço mensal para  420,15 €/mês. Ou seja, piorei muito. Porra né? Pouco posso fazer agora, é aceitar e seguir em frente. Os 250€ dados à minha mãe têm uma lógica, e é já um pagamento/retribuição da "instrução"/formação superior, qualquer dia venho aqui explicar melhor.


Bom fim de semana, e despeçam-se de forma feliz de Fevereiro.
Por aqui, até Março 😊

5 comentários:

  1. O teu desafio não se tornou mais difícil, só mais desafiante!! Já estás a pensar fora da caixa para isso?:P
    Vais apostar no aumento de rendimentos ou cortar na despesa?
    Bora que vou acompanhar!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá :)
      A ideia será aumentar os ganhos e diminuir os gastos, portanto ambas. Tenciono ter mais entradas e gastar bem menos, por exemplo os 250 euros catalogados como mãe, ou os 129 euros de formação foram pontuais, não prevejo repetir todos os meses.

      Obrigada :)

      Eliminar
  2. Não te "trates" mal! Foi um excelente mês mesmo assim.
    E imprevistos e contas acontecem sempre. Estás de parabéns à mesma.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Cláudia :)

      Claro que não :) fico um pouco triste no momento da análise, mas não me "castigo" com isso, ao pensar demasiado :)

      beijinho e boa semana :)

      Eliminar
  3. Calma! Não te martirizes!
    Pelo que me é dado a perceber houve despesas excecionais e que não acontecem todos os meses, como a formação.
    Depois ainda tens o reembolso do IRS e os subsídios que podem ser um bom reforço.
    Beijinhos

    ResponderEliminar

Da vida (atualização)

Bom, por onde começar? Isto hoje é capaz de ficar tudo baralhado, já não vos escrevo à muito tempo (2meses praticamente) e vou dar-vos as úl...