quarta-feira, 22 de agosto de 2018

Férias 2018

Das férias?
Terminaram. Faz já uns dias.

É sempre um ciclo. Trabalham-se x meses a planeá-las. Depois vivem-se rápido e terminam ainda mais rápido.

Têm como propósito o descanso. E foi cumprido.

Sol. Amiga(o)s.
Cadeira de bar à noite. Em esplanada aberta. Sob árvores altas e de folhas verdes.
Manhãs sem despertador.

Muita água ingerida.
Roupa leve, todos os dias.

Descanso. Sono em dia. Despreocupação. Despreocupação total.

Água de mar, de rio e de piscina da sobrinha (plástica, azul e branca. Enchida a compressor e com água até às canelas).

Melão à mesa, ao pequeno almoço, ao almoço e ao jantar.
Gelados (vários), para adocicar o gosto de cada um.

Casa cheia. Sempre cheia nesta época.

A pele ficou mais escura.

É o verão. 
E eu adoro-o (dentro das lamurias que me saem por vezes relativas às temperaturas mais altas).

São as férias.
E eu adoro-as, mesmo implicando o regresso ao trabalho. Aliás, acho que é mesmo por isso que as adoro. Porque me permitem voltar. 

2 comentários:

Da vida (atualização)

Bom, por onde começar? Isto hoje é capaz de ficar tudo baralhado, já não vos escrevo à muito tempo (2meses praticamente) e vou dar-vos as úl...